• _

Os puzzles serão eternos

noreset_fuleiragens
puzzlebobble

Rebeca GliosciAtualmente vivemos numa época de games com roteiros super intrincados, gráficos realistas e jogabilidades complexas. Mas é impressionante como os puzzle games, com suas premissas simples e divertidas, nunca morrem. Tetris, por exemplo. Duvido que o gamer mais hardcore não pare de vez em quando para dar uma encaixada… nos bloquinhos, obviamente.

O meu puzzle game favorito é Puzzle Bobble (também conhecido como Bust-a-Move). Confesso que, quando criança, o jogo me atraiu por ser fofo e colorido. Porém, conforme fui jogando, descobri o quão viciante poderia ser.

Os protagonistas são os irmãos-mini-dragões Bub (o verde) e Bob (o azul), que possuem um mecanismo em forma de ponteiro. O objetivo é liberar bolhas para estourar todas as outras que estão presas ao teto do cenário, antes que ele desça fazendo-as atingir o “chão”. Só é possível estourar um conjunto de três ou mais bolhas da mesma cor por vez. E a cada fase a configuração e o número de bolhas mudam, aumentando gradativamente a dificuldade.

Puzzle Bobble saiu para quase todas as plataformas possíveis e imagináveis (do 3DO ao Xbox 360), mas a versão que eu jogo até hoje é a de SNES. Quem não tem emulador e quiser ver como é, dá para experimentar neste site.

Há uma infinidade de títulos de puzzle games. Para ilustrar segue uma lista com apenas alguns dos clássicos Há uma infinidade de títulos de puzzle games. Para ilustrar segue uma lista com apenas alguns dos clássicos:
nes_tetris_box_front

Tetris

Este é, sem dúvidas, o maior clássico. Desenvolvido pelo russo Alexey Pajitnov em 1985, o jogo é sucesso mundial até hoje. A estrutura simples, que não requer interface muito elaborada, permitiu que fosse lançado para quase todo tipo de aparelho eletrônico, sendo esta uma das razões de sua popularidade entre os mais variados públicos. Encontra-se Tetris em videogames, calculadoras gráficas, computadores, celulares, PDAs e etc. Sem falar naqueles “397 milhões de jogos em 1” que se compra nos camelôs.

+

+

snake2

Snake

Não é do Solid que estou falando. É daquele joguinho que te faz passar horas grudado ao celular tentando bater seu próprio recorde trocentas vezes. A primeira versão da cobrinha famosa nasceu no final dos anos 70 no game de arcade Blockade, ganhando enorme popularidade anos mais tarde com os telefones celulares.

+

+

+

Minesweeper

minesweeper

Nos computadores dos brazucas e portugas, Campo Minado. Digamos que este é o mais coitadinho dos puzzle games, pois geralmente serve como última opção para momentos de tédio. Quando não se tem mais o que fazer e falta paciência até para jogar Paciência, recorremos a ele. E saímos apertando alopradamente os quadradinhos, tentando ganhar na sorte. Poucos são os que realmente gastam tempo “quebrando-cabeça” para decifrar onde estão as minas. OBS (para os que até hoje não sabem):o número que aparece em um quadradinho representa o tanto de minas existentes nos quadrados em sua volta.

Dr. Mario

drmario_box

Logicamente o bigodudo favorito dos gamers não poderia deixar de se aventurar no gênero puzzle. E em grande estilo, of course. Em Dr. Mario o italiano cansou de entrar pelo cano e resolveu atacar de médico, matando um monte de vírus monstrengos com pílulas coloridas chamadas megavitaminas. Pelo visto, cogumelos que fazem crescer não possuem propriedades curativas.

+


+

The Lost Vikings

the_lost_vikings

Já que o importante nos puzzles games é o desafio mental, a história não precisa ser coerente. E este jogo é um ótimo exemplo. Acompanhamos a jornada de três vikings marrentos perdidos no tempo e espaço, tentando escapar de uma nave alienígena (WTH?) e voltar para casa. Cada um possui ações específicas: Eric pula, Baleog ataca e Olaf defende. O jogador controla todos os personagens (alternadamente) e precisa combinar suas habilidades para resolver os quebra-cabeças e avançar.

+

+

Devil Dice

devildice

Este curioso game fez bastante sucesso no Playstation. O diabinho, que no caso é super simpático, corre por um grid coberto de dados e deve girá-los para combinar suas faces com a de seus vizinhos. O objetivo é criar grupos de dados adjacentes com faces iguais viradas para o mesmo lado (como os personagens mostram na figura), fazendo-os desaparecer. Mas o tanto de dados deve ser o número indicado nas faces viradas para cima. Por exemplo, um grupo com a face 6 só some quando juntar seis dados.

Lemmings

lemmings

As fofas criaturinhas de cabelos verdes seguem a filosofia “Unidos Venceremos” e não se desgrudam (pior que arroz empapado). Se um diz “galera, vou me atirar do precipício” os outros vêm correndo atrás e gritando “eu também, me esperaaaaa”. Mas como o objetivo é salvar os pobres-coitados, o jogador deve delegar tarefas diferentes para lemmings específicos, fazendo o grupo avançar por meio de cooperação. Dentre as ações estão alterar a paisagem, afetar o comportamento de outros lemmings e abrir passagem.

Entre os sucessos mais recentes de puzzle games então Lumines (PSP, PS2, celular e PC) Brain Age (Nintendo DS) e Portal (PC via Steam, PS3 e Xbox 360).

rodape_noresetnet

Anúncios

12 Respostas

  1. Puzzle Bobble é lindo! xD

  2. Deu um trabalho pra posicionar as imagens que você nem imagina…

  3. Sério? Eu achava que do jeito que a gente deixava lá no rascunho ia direitinho pro post final. Valeu por arrumar as imagens pra mim! =D

  4. Mais uma vez, você detonou…
    Realmente a gente forma uma ótima equipe.

    Existiam puzzles que eu sequer tinha ouvido falar. Detonaste.

  5. Cara, se desses aí havia uns que tu nunca ouviu falar, é porque não sabe os outros que eu ia colocar! hahahahah
    Tinha muito mais puzzles na minha lista, inclusive uns bem obscuros, mas o texto ia ficar gigantesco e resolvi colocar só esses. =D

    Nossa equipe é demais! Acho que se morássemos todos perto iam rolar altas farras-gamers! xD

  6. Até pouco tempo atrás, “puzzle”, pra mim, era jogo de pecinha só, tipo Tetris. Depois que eu fui descobrir que tinha puzzle no meio de jogo de ação até…

    Eu cresci jogando puzzles. Jogo medianamente mal Tetris, gostava de Columns, mas Rebeca, sinta-se desafiada pra uma partida de Puzzle Bobble! Nesse, eu (acho que) sou bom!

  7. Uêeee, não acredito que você também goste de Puzzle Bobble! Quando eu for à Sampa a gente vai muito jogá-lo! =D

    Antigamente eu também achava que puzzles eram só os do estilo Tetris. Bomberman, por exemplo, é considerado puzzle, sabia? Só que um híbrido de puzzle e game de ação.

  8. Caras, sou fâ de puzzle bobble desde meus 12 anos. tanto é que eu tenho no meu celular e de vez em quando eu jogo ele. É simples mas é diversão garantida

  9. Minha irmã que era viciada nisso aí desde 94 e ficava me enchendo pra achar o jogo. Só fui achar uma rom dele em 2003 acho. Lembro que até tirava screenshot quando conseguia fazer mais de um milhão de pontos…

    Aí há uns 2 ou 3 anos meu PS2 deu pau e na loja que arrumava o cara usava Puzzle Bobble pra testar os videogames, aí eu troquei por um jogo qualquer lá. Mas na versão de PS2 a pontuação é absurda e fazer 1 milhão é fácil…

    Vem aí o Primeiro Campeonato NoResetiano de Puzzle Bobble!

  10. @Uehara
    Opa, eu quero participar hein?

  11. Eu adorava tanto a versão de SNES que não quis saber de nenhuma outra, nem a de PS2. E até hoje a jogo no emulador!

    Eu ganho fácil de todos vocês nesse campeonato, hein?! xD

  12. eu recramo eu nao gostei dste jogos ta achei muito chatos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: