• _

As melhores fases dos games – PARTE 3

noreset_fuleiragens

fernandiouehara_profileDesculpe se não teve posts meus durante um bom tempo aqui no NoReset, mas foi por uma boa causa. Há algumas semanas, recebemos um convite aqui na redação para testar o novíssimo Playstation 5, no laboratório subterrâneo secreto da Sony.

Decidimos quem iria por meio de um campeonato de jokenpo entre os redatores do NoReset, e eu venci a disputa porque sempre escolhia o Chuck Norris.

No laboratório da Sony, testei alguns jogos na inovadora tecnologia de realidade virtual do PS5, mas tive que fugir quando Kratos ganhou vida durante o teste de God of War 18. Antes de pegar o avião de volta, porém, pude ver que os Power Rangers estavam chegando, então o problema deve estar resolvido agora. Ou não.

Enfim, de volta à rotina, vamos continuar com o meme interno proposto pelo editor sênior de fuleiragens Gustavo Oliveira.

Gustavo Oliveira
Cido Coelho
– Fernando Uehara (Este post mesmo, pô!)
– Rebeca Gliosci (Depois desse…)
– Wesley Pires (Depois da Rebeca…)
– Julyana Rosa (Depois do Barack Obama. É lógico que é depois do Wesley, né?)

Ao contrário de meus colegas, eu escolhi uma fase apenas, que você conhece a seguir:

É a primeira fase de Streets of Rage 2. Eu escolheria a série inteira se pudesse, mas essa primeira fase é icônica. O cenário, os inimigos, e principalmente, a música, simbolizam tudo aquilo que é a série Streets of Rage.

Ambiente urbano, uso inteligente das cores, belos gráficos, andar de um lado pro outro batendo em todos os inimigos que surgirem no caminho até enfrentar o chefe no final da fase.

Essa primeira fase não tem armadilhas, inimigos diferentes nem os muitos elementos bizarros que aparecem nas fases mais avançadas justamente para servir como cartão-de-visitas para quem começa o jogo.

Não tenho muito o que falar sobre essa primeira fase, a não ser que ela faz parte de um pacote que dificilmente poderia ser melhor do que já é. Os três jogos da série Streets of Rage entrariam fácil em uma lista de melhores jogos de todos os tempos.

Mesmo hoje em dia, considerando o avanço nos gráficos e jogabilidade, é difícil encontrar um jogo que faça frente à beleza e à diversão de Streets of Rage. É o tipo de jogo atemporal, que vamos continuar jogando daqui a 10, 20 anos, e ainda será um dos melhores jogos da história dos videogames.

Eu posso deixar esse vídeo rodando o dia inteiro só pra ficar ouvindo a música…

Yuzo Koshiro é um gênio!