• _

Square Enix quer o investimento na Eidos até 2012

noreset_plantaoyoichi_square_grana
cidocoelho_profileApós a compra da produtora Eidos, a Square Enix determinou o retorno dos 84 milhões de libras – dinheiro investido na aquisição – em três anos.

A ordem veio do topo, pelo presidente da Square Enix Global, Yoichi 
Wada (foto)
, que deseja fazer da produtora de Final Fantasy a maior do mundo.

O executivo crê que a Eidos será a o ponto fundamental da “Squenix” no Ocidente para ampliar as vendas fora do continente japonês.
Continue lendo

“Squenix” desenvolve novo jogo online

noreset_gamenewscidocoelho_profileO site Eurogamer infomou que durante uma reunião com os acionistas da Square Enix, o presidente da companhia, Yoichi Wada, afirmou que apesar de Final Fantasy XI ter sido muito rentável para a empresa, o RPG online (Entenda como lucro!) não vai durar para sempre.

O executivo explicou que a “Squenix” está trabalhando em um novo MMO e espear que o jogo se torne ainda mais emblemático que Final Fantasy XI.

Sobre o novo jogo, o presidente não deu mais detalhes, mas os famosos rumores apontam para a possibilidade de um Final Fantasy XIV ou uma nova licença.

Aos gamers, só resta esperar.
 rodape_promo

SquareEnix quer Tecmo e mais uma novidade…

Hoje, duas notícias aconteceram pros lados da Tecmo, a produtora de séries como Dead or Alive e Ninja Gaiden, como você bem deve saber.

A primeira delas é que a empresa recebeu uma proposta da Squenix para se unir ao time. A dona de Final Fantasy quer pagar o equivalente a, aproximadamente, US$8,50 por cada ação da Tecmo, sendo que elas valem apenas US$ 6,50. Mas a Square Enix não é boba, quer logo a metade das ações da empresa, o que a tornaria sócia marjoritária.

O presidente da Square Enix, Yoichi Wada disse à imprensa que já vinha trocando uma idéia forte com o ex-presidente da Tecmo, Yoshimi Yasuda. Wada afirmou que para o crescimento da indústria oriental ocorra novamente, é necessário que os grandes devam se unir.

Wada ainda tocou em assuntos delicados. Indagado sobre Tomonobu Itagaki, o japa mostrou que é macho, porém educado: Disse que Itagaki realmente pode ser um gênio, mas não fez os games sozinho. Logo, para o bom andamento da equipe, é necessário uma boa relação pessoal entre os funcionários. (Traduzindo: “Você é mala e na minha empresa você não pisa!”)

O intuito da Square Enix é produzir mais games de ação e luta, coisa que a Tecmo realmente faz muito bem. A Tecmo afirmou que está estudando a proposta.

A outra notícia é: Ninja Gaiden II, de Xbox 360 acabou de bater a marca de 1 milhão de cópias vendidas. Desse total, 412 mil cópias foram vendidas só nos Estados Unidos (o que em minha opinião, foi pouco).
Obviamente, Tecmo e Microsoft devem estar rindo à toa, já que o game ainda não tem nem três meses de lançamento e já bateu uma boa marca de vendas.