• _

“Meu Wii de ouro vale mais do que dinheiro!”, diz Silvio…digo…a Rainha!

 

“Meu Wii de ouro vale mais do que dinheiro!”, diz Silvio…digo…a Rainha!
A THQ encomendou para o Palácio de Buckingham um Wii de ouro para a Rainha Elisabeth – conhecida no mundo gamer por gostar de jogar Wii.
Todo revestido de ouro, o console e os acessórios vão acompanhar o game recém-lançado Big Family Games. A produtora acredita que o jogo vai divertir a Rainha Elisabeth, que tem 83 anos “highlandeanos”.
Acho que ao invés de ficar jogando com ele, em muita gente por aí que preferia derreter o revestimento do Wii para ter uma grana a mais! Ou tô errado?
noreset_caraywiideourovalemaisdoquedinheirocidocoelho_profileA THQ encomendou um presente para o Palácio de Buckingham um Wii de ouro, especialmente para a Rainha Elisabeth – conhecida no mundo gamer por gostar de jogar Wii.
 
Todo revestido de ouro, o console e os acessórios vão acompanhar o game recém-lançado Big Family Games. A produtora acredita que o jogo vai divertir a Rainha Elisabeth, que tem 83 anos “highlandeanos”.
 
Acho que ao invés de ficar jogando com ele, em muita gente por aí que preferia derreter o revestimento do Wii para ter uma grana a mais! Ou tô errado?

INFORMAÇÕES COM BBG 

THQ vai fechar três estúdios

noreset_plantao

thq-logo

cidocoelho_profileA produtora THQ que recentemente lançou Deadly Creatures, anunciou o fechamento de três estúdios de desenvolvimento.

Em 2008, a empresa passou por maus momentos, como um prejuízo de 115, 3 milhões de dólares no segundo trimestre e 191,8 milhões no trimestre seguinte. Resultado: 250 cortes. Motivo: “realinhamento do plano estratégico de negócios”.

Um dos estúdios que estão no fio de corte é o Big Huge Games, que é responsável por títulos XBLA e um RPG que está para ser lançado.

Se não aparecer compradores, o estúdio fecha as portas.

Os estúdios Heavy Iron e Incinerator estão para se formar como empresas independentes. O Heavy Iron foi responsável por desenvolver os jogos Os Incríveis e Wall-E e o Incinerator criou Carros.

Os jogos em desenvolvimentos serão finalizados, porém os empregados ficarão nas empresas recém-formadas.

Em entrevista ao Kotaku a empresa declarou: “infelizmente, mas isso foi necessário devído a difícil conjuntura econômica. A THQ planeja cortar 24% de sua força de trabalho – economizando US$ 220 milhões.

INFORMAÇÕES COM GAMEZINE
rodape_promo2

Sega está com o ego “igual” ao da THQ

Estava lendo o Kotaku, às 3 e vai lá da madruga, quando vejo o artigo – Sega Don’t Want To Be Activision, They Want To Be Sega! (Or, At Least THQ) (Sega não quer ser igual a Activision, quer ser a Sega! (ou, no mínimo, a THQ)).

É dificil acreditar que uma empresa que chegou a brigar de igual para igual com a Nintendo, a Sony, derrubou concorrentes promissores como o Amiga, o 3DO, da Panasonic, Neo Geo, da SNK, agora SNK Playmore, lida com a situação de dizer que estão felizes, como uma softhouse ou no bom português, uma produtora.

O executivo da Sega nos Estados Unidos Jeffrey Simon, falou a revista de economia Forbes quando foi perguntado se poderia ver em si uma Activision ou uma EA (que são as maiores produtoras do planeta). Apenas leia a citação em inglês e português.

“We’re actually really happy where we are. We can be small and agile and yet extremely profitable and successful. It really feels like this year we’re competing with the next tier up, and THQ is a good company for us to model ourselves on and go after in terms of market share”.

Ficamos muito felizes onde estamos. Nós podemos ser pequenos, ágeis e, ainda assim, extremamente lucrativos e bem-sucedidos. Realmente sentimos como se este ano estivessemos competindo de maneira superior, e a THQ é uma boa companhia para que possamos tomar como exemplo e após isso ir em termos de quota de mercado.

Concordo com o Kotaku. THQ? Look, it’s one thing to be honest, but have some self respect, man! ou Uma coisa é ser honesto, outra coisa é ter auto-respeito!

Uma empresa que participou e ainda participa da infância e adolescência de muito marmanjo se comparar a uma empresa como a THQ.
É o fim. Se o golpe de honestidade começa a contaminar a SNK, Panasonic e outras, o videogame vai chegar numa nova geração – a dos grandes, que cairam, e estão conformados.