• _

Graças a Zeus! Jogos de PS3 com prensagem nacional já estão a venda!

noreset_gamenewsleonardolopes_profileParece até milagre de algum santo padroeiro dos gamers-pobres-oprimidos, mas realmente ao que tudo indica os jogos para PlayStation 3 produzidos na nossa querida Zona Franca de Manaus já estão chegando às bancas.

A princípio o produto é praticamente o mesmo das versões gringas (nada de tradução de manuais, muito menos tradução de conteudo ingame, mas isso nenhuma produtora faz mesmo) com alguns pequenos detalhes como: Informações de produção na zona franca e classificação de acordo com o padrão brasileiro.

Até aqui não vemos nada de interessante na notícia, porém, a parte que mais importa para todos nós, consumidores (leia-se preço) teve uma evolução digna de aplausos à Sony. Os preços dos jogos estão se equiparando aos de Xbox360.

Detalhes da produção nacional

Detalhes da produção nacional

O que isso significa? Bem, que não vamos precisar pagar a bagatela de aproximadamente R$300,00 por jogos de PS3 em lojas “oficiais”. E sim, algo em torno de R$179,00 por jogos em lançamento.  E para ficar melhor ainda podemos encontrar jogos mais antigos por volta de R$100,00.

É claro que ainda não é preço de nossos sonhos. Mas se levarmos em conta o valor praticado nos States U$59,00 podemos ver que não é algo tão diferente da realidade mundial.

Se pararmos para pensar na base instalada da marca Playstation no Brasil, podemos imaginar que com um console nacional, por um preço acessível e jogos produzidos aqui nas “florestas do blanka” não fica difícil prever uma futura base poderosa do Grill mais caro já produzido pelo homem (calma sonystas, foi uma piadinha carinhosa).

Detalhes da classificação padrão brasil-sil-sil

Detalhes da classificação "padrão brasil-sil-sil"

[Por dentro da E3] Team Ico revela The Last Guardian

banerquadrado_nore3 09fernandiouehara_profileUm dos efeitos colaterais de eventos como a E3 é que os fanboys logo entram em sites e fóruns na internet pra gritar pra todo mundo como sua empresa favorita “venceu”, como se as conferências fossem guerras ou corridas de algum tipo. O remédio pra isso? O trailer de algum jogo criado por uma produtora cujos trabalhos passados sejam incontestáveis. Sim, porque se você não gostou de Ico ou Shadow of the Colossus, você está errado. Procure o veterinário mais próximo.

Na conferência da Sony, o Team Ico revelou seu projeto que vinha então sendo chamado de Trico (e que o desavisado aqui achou que era o nome definitivo do jogo), The Last Guardian. O trailer você confere abaixo.

Assim como os jogos anteriores, o trailer dá impressão de The Last Guardian ser extremamente emocional. Não, não no sentido de emo, de usar franjinha, cortar os pulsos e chorar por causa do mundo. Estou dizendo no sentido do jogo criar um laço entre personagens e jogador.

A criatura do trailer se comporta como um parceiro, um amigo de verdade do personagem. Pô, eu nem joguei o jogo ainda, mas só de ver as flechas nas costas do bicho, já me deu vontade de entrar na tela e arrancar o baço do infeliz que atirou aquelas porcarias!

Por obras-primas como essa, é que podemos dizer. Se existem perdedores e vencedores na E3, quem ganha somos nós, gamers, por podermos jogar games como esse. E quem perde são os fanboys, esses deviam ser exorcizados com um cabo de vassoura.

“PS3 passa por um grande momento”, diz Sony

noreset_plantaoCido CoelhoPlayStationA gigante japonesa anunciou que a família PlayStation está vendendo muito bem nas festas de final de ano. Segundo a Sony, os três consoles (PS2, PSP, PS3) venderam mais de um milhão de unidades durante o mês de novembro – aumento de 93% em relação ao mês de outubro.

Mesmo com o baixo desempenho do PlayStation 3 em relação ao Wii e o Xbox 360, a Sony continua otimista com as vendas do console mais poderoso da nova geração. “O console continua em um grande momento nas festas de fim de ano”.

Em 2008, foram vendidos 2,8 milhões de consoles de  PlayStation 3 nos Estados Unidos, este número é 60% superior referente a 2007.

Convencida, a Sony explica que o “bom desempenho” nas vendas se deve a ” um catálogo de jogos sem igual”, pois foram vendidos em novemrbro mais de 3,5 milhões de jogos, 150% a mais em relação ao mesmo período do ano passado.

Mesmo com o foco no PS3, o PlayStation Portable vendeu mais de 420 mil unidades.  O PS2 vendeu 200 mil consoles. Os números superaram respectivamente 118% e 50% as vendas de outubro de 2007.

rodape_noresetnet2

Citações ao Alcorão tiram LittleBigPlanet de cena

Um dos games mais esperados do ano para o console da Sony, vai ter que voltar à mesa de trabalho. LittleBigPlanet, game que mistura puzzle e plataforma, está sendo recolhido pela empresa, por conter em uma de suas músicas duas frases que, supostamente, estão escritas no Alcorão, livro sagrado do povo muçulmano.

A música em si chama-se Tapha Niang, interpretada por Toumani Diabaté (foto) e é o tema de fundo da fase Singing Safari. Segundo algumas pessoas, essa música possui duas frases do Alcorão.

São elas, traduzidas para o português: “Tudo o que existe na Terra perecerá” e “Cada alma deve ter o sabor da morte”. Diabaté é um artista africano, mais especificamente nascido em Mali, país do extremo-oeste da África, que toca um instrumento musical típico da região chamado Kora, uma espécie de harpa de 21 cordas.

O cara aparentemente é bom, levou o prêmio de melhor álbum de world music no Grammy de 2006 (embora o artista dispensasse qualquer tipo de apresentação, óbvio…).

A Sony, fez uma coisa que eu, particularmente, não entendi: disse que não sabe se as duas frases acima estão no game, mas sabe que a música supracitada está.

Mas aí eu pergunto: se a música do senhor Diabaté está em LBP, como duas frases de sua música não estariam?

Logo em seguida, a Sony se desculpou por mais uma fralda que ela sujou e disse que vai averiguar o caso, retirando as cópias do game de circulação e modificando-as antes da venda.

Ai ai, hein, dona Sony?

Bêbado mija em videogame e quase morre

  Gary Wells, é um cara de sorte. Ele comprou um PlayStation3 e resolveu dar uma festa para comemorar (eu faria o mesmo). Chamou todos os amigos, comprou muita cerveja e, vejam só, esqueceu de me convidar.

 Cerveja vai, cerveja vem e em certo momento da festa, um dos convidados*, no cúmulo da bebedeira, resolver mijar no antigo videogame** de Gary, que ainda estava ligado na tomada.
Resultado: O cara levou um choque fortíssimo na benga e desmaiou, ficando inconsciente por 10 segundos.

 Após recuperar os sentidos, o cara foi levado para o hospital.

Eita…

*  = o convidado não quis ser identificado
** = o videogame também não quis ser identificado 

 Essa notícia foi patrocinada por:

 Cachaça NoReset – A cachaça do gamer hardcore

É por essas e outras que eu falo:
NoReset – Fuleiragens e chinelagens, é só aqui!

Call of Duty 4 vende 10 milhões de cópias

NoReset Games

A Activision e a Infinity Ward mandaram avisar: Call of Duty 4: Modern Warfare vendeu 10 milhões de cópias, somando as versões do Xbox 360, PC e Playstation 3. As empresas não divulgaram os números de vendas de cada versão, embora admitiram que a versão de Xbox 360 foi a mais vendida.

Menos de 10 games conseguiram o feito desde 2000, dentre eles, alguns bem conhecidos da galera, como Nintendogs (14,8 Milhões), Pokémon Ruby & Saphire (13 Milhões) e dois games da série Grand Theft Auto (GTA San Andreas e GTA Vice City, com 12 e 13 milhões de cópias respectivamente).

Quem jogou CoD4 sabe que o game realmente é muito bom e merece o número de vendas, né não?

Rumor: LittleBigPlanet estaria sendo desenvolvido para PSP nesse instante

 Segundo o site britânico CVG, uma versão de LittleBigPlanet estaria em desenvolvimento para PSP pela Sony Studios de Liverpool. A Sony, claro, não confirmou nada.
 A notícia não pode ser considerada totalmente infundada, já que, tanto o PS3 como o PSP estão cada vez mais interligados e com funções mútuas, é possível que o game realmente esteja em desenvolvimento.

 Para quem não sabe, LittleBigPlanet é um game de plataforma e puzzle. A grande proposta do jogo é desenvolver estágios e fases e disponibilizá-los na PSN para que outros usuários possam jogar as fases que você criou. O conceito pode parecer simples, mas é muito bem sacado.
 Se o game realmente estiver em desenvolvimento para PSP, será febre no portátil com certeza, visto que, games com uma pegada mais hardcore não fizeram tanto sucesso quanto games com uma proposta mais casual, como Patapon ou LocoRoco.

 [via Kotaku]