• _

Pesquisa aponta que Tetris faz esquecer traumas

noreset_plantaotetris
Cido CoelhoO jogo criado na antiga União Soviética – Tetris –  ajuda na saúde de pessoas que tem estresse pós-traumático.  De acordo com os psicólogos pesquisadores da universidade de Oxford, na Inglaterra, quem joga Tetris esquecem a memória recente.

Os cientistas fizeram um teste fazendo os participantes a assitir um filme com cenas reais de violência e depois pediram para eles jogarem Tetris por 10 minutos. Com isso, os pesquisadores acreditam que uma pessoa que sofreu um trauma pode esquecer encaixando os bloquinhos coloridos e ouvindo aquela música russa.

O jogo foi escolhido porque o jogador tem que raciocinar para decidir onde vai encaixar os blocos e sua sequencia – assim utilizando uma boa parte do cérebro para tal atividade. Por enquanto os estudos estão focados apenas em Tetris.
rodape_noresetnet3

Não se fazem mais jogadores de PC como antigamente

Microsoft

    pc-gaming.jpg

 Você tem o costume de jogar no computador? Sei, você já foi de jogar mais. Agora que comprou seu console novo, seu PC véio de guerra só serve pra você acessar o NoReset não é mesmo?

 Pois o senhor Steve Nix, diretor da desenvolvedora Id Software (desenvolvedora de games id-software-logo.jpgcomo Doom por exemplo) disse que o número de jogadores hardcore que jogam no computador diminuiu. Nix ainda disse que não pretende abandonar a produção de games para PC, mas que pretende dar uma atenção especial à essa nova tendencia de mercado, que são os games de computador saindo para consoles.

  Aliás, esse tipo de comportamento é meio óbvio, afinal, os videogames estão ficando tão potentes, que a diferença de versão para consoles é mínima. Principalemte no Xbox360, é claro.

 Eu nem jogava tanto no PC, passei a jogar mais agora. Nunca fui muito fã, a combinação mouse+teclado nunca me convenceu. O engraçado é que tem gente que diz justamente o contrário, que os videogames vão cair e que o computador vai reinar. Eu não sei, afinal, dependendo do game, é necessário trocar quase metade do hardware de uma máquina para jogar. Quando vejo uma supermáquina de outra pessoa, me sinto o pobre dos pobres, me sinto muito mais “atualizado” com um console.

 E você, joga no computador?

[via UOL Jogos]