• _

Escravos de jó jogavam Capoeira Legends

noreset_plantaocapoeira

gustavooliveira Então… deixa eu postar alguma coisa aqui antes que puxem o meu tapete alegando “abandono de cargo”. Estou mais sumido que nota de cem conto. Parece que desaprendi a escrever: nunca postei um texto com um título tão tabajara quanto neste aqui. As minhas habilidades estão definhando.

Mas enquanto o NoReset caminha, o mercado nacional de games salta (Com crise e os caray!). A nova “onda da galera” e o texto mais postado em todos os blogs do Brasil (Porém eu escrevo muito mais engraçado. Chupem todos vocês!) é sobre um tal de Capoeira Legends – Path to freedom, game exclusivo para PC desenvolvido 100% por brasileiros do Brasil e o que é melhor (ou pior), em um estúdio independente chamado Donsoft Entertainment.

Como o próprio nome já diz, o game fala de capoeira, ou seja, “Paranauê!”, ” Zum, Zum, Zum…”, “Tu qui ti qui tó tóóm” e todas aquelas onomatopéias e barulhos peculiares que os capoeiristas e seus instrumentos fazem durante a luta/dança.

Você controla  Gunga Za, escravo africano que vive no Rio de Janeiro do período imperial e caminha por ambientes criados a partir da floresta Amazônica, enfrentando os capitães do mato e militares que querem se apossar do Mocambo da Estrela, um dos quilombos da região.

Dentre várias informações que coletei, fiquei impressionado com os gráficos do game que, acreditem, realmente parecem ser muito bonitos e com o complexo trabalho de pesquisa geográfica, biológica, histórica e até mesmo “marcial”, por assim dizer.

Todos os movimentos do game foram supervisionados pelo professor de capoeira Mestre Vuê.

Além disso o game é realmente ambientado na lógica afro-brasileira: palavras como Zabumba, Mandinga e Axé se fazem presentes para dar mais charme ao game.

O jogo já foi prometido pela desenvolvedora como sendo uma trilogia e o primeiro capítulo, Capoeira Legends – Path to freedom já está disponível nas lojas em português e em inglês. Já imaginou se a Microsoft cresce os “zóio”?

Seria legal ver os gringos dando bicos de papagaio com alguns personagens nossos. Mandemos Eddy Gordo para a merda.

Parra mais informações sobre o game, clique aqui!

INFORMAÇÕES COM G1

— 

LEIA TAMBÈM:
EXCLUSIVO:
NoReset entrevista André Cariús, presidente e fundador da Donsoft Entertainment, empresa que criou o jogo Capoeira Legends

rodape_noresetnet3