• _

Square Enix quer o investimento na Eidos até 2012

noreset_plantaoyoichi_square_grana
cidocoelho_profileApós a compra da produtora Eidos, a Square Enix determinou o retorno dos 84 milhões de libras – dinheiro investido na aquisição – em três anos.

A ordem veio do topo, pelo presidente da Square Enix Global, Yoichi 
Wada (foto)
, que deseja fazer da produtora de Final Fantasy a maior do mundo.

O executivo crê que a Eidos será a o ponto fundamental da “Squenix” no Ocidente para ampliar as vendas fora do continente japonês.
Continue lendo

Square Enix Eidos: pelo jeito Lara Croft vai andar de Chocobo mesmo!

noreset_plantaoeidos_squareenix

cidocoelhoApós um bom tempo de namoro, finalmente a Square Enix, que produz Final Fantasy, fechou um acordo para comprar a Eidos. A produtora inglesa, que é responsável por Tomb Raider e Championship Manager custou aos cofres da produtora japonesa 84,3 milhões de libras ou 120 mihões de dólar. É o que  inforrma a agência de notícias Reuters e o site AdNews.

A aquisição da Eidos é estratégica para Square Enix, pois com isso ela podera estender seus tentáculos no Ocidente, principalmente na Europa. A empresa japonesa vai pagar 32 pence por ação da Eidos, em dinheiro.

A produtora britânica tem amargado prejuízos com o seu principal lançamento – Tomb Raider: Underworld – que não vendeu o que era esperado nos Estados Unidos.

Com a compra, a Eidos ficou super valorizada, pois antes do acordo ser fechado a empresa estava custando 9 pences por ação. Assim, a Time Warner, que tem 20% da Eidos e era cotada como a nova compradora da Eidos, agora será submissa aos japoneses ou poderá ser pressionada a vender a sua parte para a “Squenix”. Até agora a Time Warner não comentou nada.

E cá entre nós, vai comentar o que? É aquele velho ditado: “Não valorizou? Abriu concorrência e perdeu a preferência!”

INFORMAÇÕES COM A REUTERS E ADNEWS

rodape_noresetnet3

Giro Gamer #01 – 23/01/2009

rapidasgirogamer_noreset

Direto da Campus Party Brasil

Direto da Campus Party Brasil

Eu estou aqui na Campus Party, mas o mundo lá fora gira. Como o mundo gira, está na hora de colocar o que aconteceu nesta semana no mundo dos games.

Por isso, confira o que aconteceu de melhor ou de pior até esta sexta-feira, aqui no NoReset, que publica o Giro Gamer direto do maior evento de tecnologia e internet do mundo.

Eidos demite e fecha estúdio

A Eidos fechou o estúdio na cidade inglesa de Manchester, com isso restaram 14 desempregados.

De acordo com a empresa de Tomb Raider, em entrevista ao site GameIndustry, a empresa precisa concentrar em títulos de grande qualidade que tenham valor no mercado, inclusive nestes tempos de desafios, com muita competitividade.

A Eidos lamentou as demissões, que ela causou, e desejou boa sorte.

“Esta foi uma decisão difícil de fazer, gostaríamos de agradecer os trabalhadores pelo seu empenho aqui na Eidos e desejamos o melhor em suas carreiras no futuro”.

Sega Europa não fará cortes

Na contra mão a divisão européia da Sega disse que não tem cortes de empregos planejados no continente. E quem disse isso foi o presidente da Sega Europa, Myke Hayes.Ele destacou que a empresa está em grande forma, principalmente, que a Sega foi considerada o quarto maior publicador de jogos da Europa – sinalizando que a empresa vai bem, obrigado…”Não, estamos em grande forma, na verdade, estamos recrutando”

Sega America fará cortes

Já a divisão norte-americana da Sega não está tão bem. Com a desculpa da recessão, a produtora nos Estados Unidos poderá cortar 30 postos de trabalho.

 

Ubisoft compra uma produtora de games gaúcha

Na última terça-feira (20), a Ubisoft anunciou a compra da empresa brasileira Southlogic, que fica no Rio Grande do Sul. O objetivo da softhouse é aumentar os negócios no Brasil. Em 2007, a empresa abriu um escritório na região da avenida Paulista, em São Paulo.
Após a compra, a Southlogic, que é sediada em Porto Alegre, passa a funcionar como um satélite da unidade de São Paulo. Os dados financeiros da transação não foram divulgados.

Ubisoft divulga seus resultados em 2008-09

A produtora francesa apresentou os seus resultados fiscais. De acordo com a Ubisoft, as receitas da empresa cresceram 13% no trimestre, com vendas de  € 508 milhões para o terceiro trimestre de 2008-09. Para os primeiros nove meses do ano fiscal 2008-09, as vendas totalizaram € 852 milhões, contra € 711 milhões no período 2007-08 – um aumento de 19,8 por cento, ou 24,8 %.nas taxas de câmbio constantes.

O desempenho foi atribuído principalmente a uma franquia sólida de títulos lançados durante o trimestre, principalmente Far Cry 2 e Rayman Raving Rabbids TV Party, que gerou vendas de 2,9 milhões e 1,5 milhões de unidades, respectivamente, e compensar o impacto de Prince of Persia, que vendeu 2,2 milhões de unidades.

  rodape_noresetnet3

Warner Bros compra mais uma parte da Eidos

noreset_plantao

O namoro continua...

O namoro continua...

Cido CoelhoA Warner Bros comprou mais uma parte da produta de Tomb Raider. A gigante de midia norte-americana comprou mais 10 milhões de ações da Eidos. Assim a WB tem 19 da empresa.

A compra aconteceu após a SCi Entertainment ter mudado o nome da empresa para Eidos. Além disso, a Square Enix anunciou que visitaria a produtora, pois para os japoneses a SCi seria a porta da Square para vender os jogos no ocidente. O executivo da produtora japonesa John Yamamoto visitou o estúdio dinamarquês da produtora.

A Eidos tem uma boa coleção de franquias como a série Tomb Raider, Hitman e Championship Manager.  Em breve vamos descobri se a Lara Croft fará parte da turma do Pernalonga e Patolino ou a aventureira estará andando de Chocobo na cidade de Machu Picchu para achar algum tesouro secreto.

rodape_noresetnet2

Square Enix quer a Eidos

noreset_gamenewsCido CoelhoEu disse que a novela não pára… A nova da vez vem do Kotaku Austrália: Em uma conferência, a Square Enix propôs a aquisição da Eidos.

Pensando na expansão para o Ocidente, a Eidos seria uma boa porta de entrada, já que a empresa é inglesa.  Porém, a compra teria o apoio da Warner Bros, que já tem 20% da empresa que tem como carro chefe a personagem Lara Croft.

Em breve o todo poderoso da Square Enix, Yoichi Wada, pegará um avião direto para a terra da rainha para sentar e bater o martelo sobre a possível aquisição.

Lara Croft e Final Fantasy vai dar o que?  Ochi, sei lá! Talvez um Tomb Fantasy!

rodape_noresetnet2

SCI Eidos é apenas Eidos

noreset_gamenews

Será um indicio de venda?

Será um indício de venda?

Cido CoelhoMais uma da novela: a SCi não será mais SCi! Agora eles resolveram sucumbir o nome da dona da Eidos para assumir o nome da sua subsidiária. O motivo é que a marca Eidos é mais forte por causa da Lara Croft e sua série Tomb Raider que praticamente poderia se chamar Lara Eidos ou Eidos Croft. Porém a produtora não confirmou nada. A Eidos Interactive foi comprara pela SCi em maio de 2005.

Recentemente a empresa anunciou que encerrou o seu ano fiscal, completado em junho, com um prejuízo de 100 milhões de libras esterlinas ou R$ 356 milhões.

Com essa mudança de nome, os especuladores de plantão novamente apostaram que a Electronic Arts e a francesa Ubisoft estão interessadas em comprar a tão então Eidos. Segundo o jornal Daily Mail, a fonte é “famíliar”. Isso porque as bolas da vez eram que a SCi ofereceu uma proposta de comprar a Ubisoft – e a Warner Bros, mais uma misteriosa companhia chinesa, queriam comprar a SCi Eidos.

Isso tá cheirando um final bem Midway

rodape_noresetnet2

Warner Bros namora SCI Eidos

A última fofoca era sobre a aquisição da SCI pela quase quebrada Midway; A bola da vez é a Warner Bros

A última fofoca era sobre a aquisição da SCI pela quase quebrada Midway; A bola da vez é a Warner Bros

O rumor do dia fica por conta do namoro da Warner Bros com a produtora de games britânica SCI, que logo vai se chamar Eidos PLC

Segundo o site GI.biz, desde a aquisição da Travaler´s Tales, em 2007, a Warner está analisando o estrago financeiro que a SCI vive desde a saída de dois “executivos”, que administravam a produtora como uma pastelaria.

A WB ofereceu £ 60 milhões para ter os direitos das franquias mais lucrativas da SCI como Tomb Raider, Hitman e Deus Ex. Veja o que disse o analista da Webdush Morgan Michael Pacher sobre a situação das negociacões com a produtora britânica ao site GI.biz

“Os administradores não podem sair com antecedência de um lance. Por isso, não é necessariamente verdade que tem que sair para” limpar o caminho para uma oferta “, contou.