• _

  • Anúncios

É feio, mas é um conceito! Conheça o Xbox 1080

noreset_carayxboxportable1
cidocoelho_profileUm cara recém-formado em Artes e Desgn no Milwaukee Institut of Art (Instituto de Arte de Milwaukee), chamado Carl Archambeault, comeu alguma coisa ou bebeu algo que não era para ser consumido.

Pois ele desenvolveu um console-conceito e ainda teve a ousadia de batizá-lo de Xbox 1080.

xboxportable2

Bom o Xbox 1080 seria portátil e ele é inspirado no controle do 360. Além de ser jogável, ele também teria o poder o iPod da Microsoft, ou seja, ele também teria as mesmas potencialidades do Zune.

A ideia pode ser boa, todos temos boas intenções, mas sinceramente, ô trem feio do caray!

Acho que ele deveria processar a facultade no qual ele se formou…

INFORMAÇÕES COM TECHNABOB
Anúncios

Tunagem: PlayStation 3 Slim coloridos! Escolha a sua cor favorita!

noreset_gamenews
ps3_slim_colorware_colors

cidocoelho_profileO PS3 Slim mau chegou ao mundo e ele já ganhou cores alternativas. Como você pode ver nas imagens, o Slim foi colorido pela empresa ColorWare. Que faz a pintura do console, na cor que o gamer quer e pinta também o controle.

O gamer entra em contato com essa empresa e ele pode escolher cores primárias, tons pastéis e metálicos com um tratamento de pula camada com uma pintura super resistente e deixa o console com uma aparência muito bacana!

A empresa trabalha da pintura da camada que protege o hardware até a repuntura das logomarcas e dos botões. Um serviço caro, mas bem trabalhado.

ps3_slim_colorware_colors2ps3_slim_colorware_orange
Mas também, fique atento! O preço incial da tunagem começa com US$ 149 e pode custar até US$ 449. É uma bela facadinha…

A pintura dos controles Dual Shock custam US$ 30 cada.

E eles também pintam celulares… Mas isso fica para o próximo post!

INFORMAÇÕES COM CHIP CHICK

Sem espaço para o retrô: PS3 definitivamente SEM retrocompatibilidade!

cabeça_colunistasrafaelarbulu_tarjaps3slimDurante a GamesCom 2009, a Sony tornou oficial que todo mundo já sabia: o PS3 Slim já está em pré-venda em grandes cadeias de e-commerce como Amazon, E-bay, K-Mart e Wal-Mart. Há quem lamente o fato de (partes) do hardware serem mais poderosas do que o modelo atual – vide o HD de 120GB e a possibilidade de uma versão do Slim com 250GB. Até aí, tudo bem: as diferenças de hardware raramente são fatores determinantes quando o assunto é videogame – ou o Wii não seria o maioral nas vendas. Mas uma coisa chamou toda a atenção para a Sony, de um jeito deveras negativo.

John Koller, da chefia de marketing da Sony Computer Entertainment (SCE), anunciou a descontinuidade da retrocompatibilidade – a capacidade do PS3 de reproduzir jogos de suas gerações anteriores – sem possibilidade de retorno. Não só para mim, mas para a quase totalidade da base de fãs do PlayStation, isso é um erro de tremendas proporções. O motivo para tal atitude seria, segundo John Koller, o fato “dos jogadores comprarem o PlayStation 3 para rodar jogos de PlayStation 3. Temos uma linha de frente consistente nesse aspecto”. Ele ainda foi categórico, dizendo que a retrocompatibilidade “não voltará”.

Você deve lembrar que, em 2006, os modelos PS3 vinham com parte do hardware do PS2 embutido, para rodar os jogos originais da geração passada. Posteriormente, o hardware foi abandonado, e a Sony passou a adotar a retrocompatibilidade por emulação de software, apenas para, nos modelos seguintes, tal recurso ser completamente descontinuado. Com o iminente anúncio do PS3 Slim e da inovadora firmware 3.00, especulações previam o retorno dessa capacidade, o que não ocorreu. Até o mais difícil – a queda de preço do aparelho – rolou, mas você não jogará seus clássicos do PS2 em um PS3.

Fato é que a Sony não considera necessária a adoção da retrocompatibilidade. E não estão errados: o PS3 não precisa disso. Mas a empresa liderada por Kaz Hirai está perdendo o foco, não sabendo diferenciar o supérfluo do trivial: o Xbox 360 não precisava dos avatares, mas enxergaram potencial, e hoje o console do Bill Gates tem conteúdo exclusivo integrado aos seus avatares – vide Guitar Hero 5. O mesmo vale para o Wii, com seus Miis, Virtual Console e WiiWare. Em suma, “desnecessário” não é o mesmo que “inútil”.

Tanta ênfase nesse assunto é para salientar que o mercado está seguindo por esse caminho. Eu, felizmente, não sofro desse problema, visto que o meu PlayStation 3 é justamente um dos modelos de lançamento: eu apenas insiro meu Final Fantasy X no drive, e o console faz o resto. Mas e você, seu colega de sala e a moça que trabalha no seu departamento? Todos são clientes em potencial que podem já ter um PS2, mas evitariam comprar o PS3 justamente por esse recurso ausente.

A Sony aposta em seu front de combate com títulos restritos à geração atual. É bom ver a confiança que eles têm no próprio taco. Mas é inegável o fato de que eles estão patinando em gelo fino: cedo ou tarde, o chão vai acabar cedendo.

Rafael Arbulu é editor-chefe do MSN Jogos, e desce o braço em Deus e o mundo às terças feiras, aqui no NoReset.

Tectoy (re)lança Master System

Tectoy (re)lança Master System
Apesar do seu revolucionário Zeebo, ela ainda vive de coisas retrô. A fabricante brasileira, que tem a licença da produção de consoles da Sega por aqui (Master System e Mega Drive), lançou o Master System Evolution.
O que tem nele? Resposta: Estampa do Sonic, design diferenciado, dois joysticks no formato Mega Drive 6 botões e 132 jogos na memória.
Sonic The Hedgehog, Alex Kidd In The Miracle World, Altered Beast, Golden Axe, Shinobi, Shadow Dancer, Battle Outrun, Fantasy Zone, Hang On e Renegade estão entre os jogos que vem no console.
noreset_lancamentos
image013cidocoelho_profileApesar do seu revolucionário Zeebo, ela ainda vive de coisas retrô. A fabricante brasileira, que tem a licença da produção de consoles da Sega por aqui (Master System e Mega Drive), lançou o Master System Evolution.
O que tem nele? Resposta: Estampa do Sonic, design diferenciado, dois joysticks no formato Mega Drive 6 botões e 132 jogos na memória.
Sonic The Hedgehog, Alex Kidd In The Miracle World, Altered Beast, Golden Axe, Shinobi, Shadow Dancer, Battle Outrun, Fantasy Zone, Hang On e Renegade estão entre os jogos que vem no console.

Depois do fracasso PipPin, Apple pode lançar “novo console”

noreset_analisepippincidocoelho_profileRumor novo na área. Segundo o Eurogamer, após a aposta bem sucedida nos games com o uso do iPhone, iPod Touch e da distribuição de games e aplicativos via App Store, a empresa de Jobs pode “estar trabalhando” num super computador portátil, que vai ser o novo console da Apple, após o primeiro e último grande fracasso gamer da Apple: o PipPin.

Este computador tem tela sensível, como seus brinquedinhos, no formato Tablet PC, e seria totalmente voltado para conteúdo multimídia e jogos.

O rumor continua dizendo que um dos membros do grupo de analistas Barron teve a oportunidade de testar o protótipo do novo “console” da Apple. Ele disse que o destaque fica com a qualidade de vídeos em alta definição.

PipPin foi o maior fracasso gamer da Apple

PipPin foi o maior fracasso gamer da Apple

E para fechar, a nova plataforma poderá lançar o brinquedo em setembro e começar a vender em novembro.

O preço me fez rir, pois a ideia é que essa super máquina custe entre 700 e 800 dólares. Se custar isso lá fora, aqui, meudeusdoceu… Não viva mais, guarde seus trocados, até o trocado de bala, caso você queira comprar este novo “console”!

O protótipo está em fase final de concepção e os fabricantes da Ásia já estariam de prontidão para produzir a novidade da maçã psicodélica.

Caso a Apple esteja fazendo essa nova plataforma, ela poderá recuperar o trauma velho que ela teve com o PipPin e também pode faturar e muito, caso o seu protótipo ganhe aquele jeitão de ser um super iPhone, com tamanho maior, voltado para jogos e imagens em alta definição.

Outra vantagem que a Apple tem em mãos, é que ela ja tem uma estrutura pronta de vendas, a App Store, ela não precisa de preocupar em criar uma super estrutura para abrigar a biblioteca de jogos. Acho que a única coisa que a empresa de Jobs deve fazer é criar uma rede online como a PSN e a Live para fidelizar os gamers e potenciais clientes.

Uma outra viagem que pensei é que o dono de um iPhone e de um iPod Touch poderá integrar estas plataformas ao tablet. Seria algo assim, pense num RPG com um personagem, que durante o dia você evolui ele no seu iPhone e mais tarde no aconchego do lar ou em outro lugar fora do seu horário de trabalho, claro, descarrege as informações deste personagem no Tablet para jogar com ele mais forte para passar para níveis ou fases secretas. Enfim, são inúmeras possibilidades.

O NoReset vai acompanhar de perto este boato e assim que souber de algo vou publicar aqui.

É viver para ver…

SNES Portable!

O Super Nintendo traz boas lembras para quem participou da “guerra” dos 16-Bits. E um cara muito retrô style resolveu entrar na onda de aproveitar o seu antiguinho e velhinho console para fazer mais uma maravilha tecnológica.
Olha aí ó!
Ele fez um SNES Portable! O cara fez a forma do portátil, os detalhes dos botões, reorganizou toda a placa do Super Nintendo para transformar ele num videogame de bolso. E coisa deu muito certo e o modelo ficou bonito.
O portátil tem entrada para cartucho e a tela é boa e grande suficiente para passar horas e horas matando saudade dos clássicos da era 16 Bit.
Se você clicar aqui, você vai conhecer mais sobre como foi feito Supertendo: Portable SNES nos mínimos detalhes.
INFORMAÇÕES COM TECHNABOB
noreset_caraycidocoelho_profile
O Super Nintendo traz boas lembras para quem participou da “guerra” dos 16-Bits.
E um cara muito retrô style resolveu entrar na onda de aproveitar o seu antiguinho e velhinho console para fazer mais uma maravilha tecnológica.
Olha aí ó!
snesportable1snesportable2
Ele fez um SNES Portable! O cara fez a forma do portátil, os detalhes dos botões, reorganizou toda a placa do Super Nintendo para transformar ele num videogame de bolso. E coisa deu muito certo e o modelo ficou bonito. snesportable3
O portátil tem entrada para cartucho e a tela é boa e grande suficiente para passar horas e horas matando saudade dos clássicos da era 16 Bit.
snesportable4
Se você clicar aqui, você vai conhecer mais sobre como foi feito Supertendo: Portable SNES nos mínimos detalhes.
INFORMAÇÕES COM TECHNABOB

Rede Globo investe no BD por causa do PS3

noreset_plantaoglobo_ps3cidocoelho_profileDe acordo com o jornal Folha de S.Paulo, a Rede Globo vai lançar em setembro as suas mais recentes minisséries “Capitu” e “Maysa” em discos de Blu-ray.

O motivo dos lançamentos neste formato? Não, não é o aumento de tocadores de BD Player na praça e, sim, a Globo pensou em investir nesta mídia por causa do crescimento de proprietários de PS3 no Brasil.

Então você pode se programar assistindo sua série favorita ou os clássicos programas da Xuxa e Trapalhões após uma boa partidinha de um sanguinário God of War III, né não?