• _

0/1 por Call of Duty

noreset_cachacisses1 Fernando Uehara
Alguém aí lembra do caso do molequinho que fugiu de casa porque os pais o proíbiram de jogar Call of Duty 4? Leia os comentários, eu espero. Pronto? Viu o que eu escrevi? Eu previ o futuro! Nah, foi só um chute com base na realidade do nosso país. E pelo jeito, as coisas não andam muito diferentes no Canadá.

Depois de muita procura, a polícia encontrou um corpo que parece ser o de Brandon Crisp, o garoto canadense de 15 anos. Os detalhes de como o garoto morreu, ou mesmo de quem encontrou o corpo não ficaram muito claros, mas o Sargento Dave Goodbrand da polícia de Barrie acredita que o corpo pertence mesmo a Brandon.

Eu não vou começar o discurso dizendo que a comunidade gamer sente muito e blá-blá-blá. O moleque fugiu de casa porque os pais esconderam o videogame dele. Ou ele tinha sérios problemas ou era muito mimado. Ou os dois, afinal uma coisa leva à outra. Não foi um caso de tragédia ou acidente, foi o resultado de um ato impensado por parte do garoto e talvez má criação por parte dos pais.

E que esse caso não estrague ainda mais a imagem dos gamers perante a sociedade.