• _

Batismo digital aos menos favorecidos

noreset_especialcampuspartylogo
cidocoelhoPara incentivar os menos favorecidas a aplicar a tecnologia em suas vidas, o Batismo Digital 1.0 e 2.0 da área de Inclusão da Campus Party Brasil 2009 já está cumprindo seu papel. Em média 800 pessoas passam diariamente pelo módulo com 200 computadores, acompanhadas de monitores treinados para despertar o interesse pela sociedade em rede em gente de diferentes idades.

image001

O espaço, na área Expo e Laser, tem sido visitado não só pelas caravanas agendadas pela organização,mas também por visitantes do evento em geral, que usam os computadores para entrar na Internet, jogar e se comunicar pelas redes sociais. “Estamos notando que muitas pessoas já chegam com um conhecimento mínimo de computação e web, mas há também muitos casos de gente que chega aqui para ser batizada propriamente. São idosos, adultos e crianças que querem entrar para o mundo digital”, comentou Raul Luiz, coordenador da área, que conta com as versões de batismo 1.0 (pra quem nunca teve acesso a um computador) e 2.0 (para os que já tem um conhecimento mínimo).

Joana Henrique de Lima, 56 anos, e seu neto Gustavo, 7 anos, são exemplos da inversão dos modelos tradicionais de batismo. No digital, os mais velhos é que são os menos experientes. “Acabei de criar meu email e queria que tivesse algo a ver com vovozona. É que a criançada do bairro me chama assim”, brinca Joana, moradora do CDHU Jardim Tropical, em Perus, que trouxe toda a família para a Campus Party. “Estou achando tudo muito diferente. Nunca tinha visto tanto computador junto”, conta ela.

Já o pequeno Gustavo não tirou os olhos da tela, que estava se divertindo, tentanto colocar bananas na boca de um gorila em um jogo online. “Já tinha usado os computadores lá do CEU (Centros Educacionais Unificados) de Perus, mas aqui é diferente: tem mais gente, mais computador e eu posso ficar jogando durante um tempão”, diz o garoto. E a vovó? “Agora estou tentando entrar no Orkut. Quero me comunicar com o mundo todo”.

rodape_noresetnet3

Campus Party Brasil 2009 vendeu cerca de 60% dos ingressos

banner_campusparty2009Cido CoelhoFaltando um mês para o maior evento digital do planeta, a organização da segunda edição da Campus Party Brasil informou que já foram vendidos mais de 66 por cento dos ingreessos. São esperados 6 mil pagantes, que durante uma semana discutirão tecnologia mídia, entretenimanto, astronomia, robótica, software livre, games, simulação, modding ou modelagem de computadores, musica … blogs! Ufa! Quanta coisa, né?

O Campus Party surgiu na Espanha em 1997. No evento  os participantes – conhecidos por “campuseiros” – podem levar os próprios computadores, junto às malas e barracas em uma área gigante que abrigarão vários fanáticos por tecnologia.

A edição 2009 vai acontecer nos dias 19 a 25 de janeiro, no Centro de Exposições Imigrantes, na zona sul da capital paulista. Quem for para o evento em caravana organizada, terão desconto. E não é só isso.

Os compradores do ingresso terão direito de levar o seu computador para o acampamento digital e o legal disso é a conexão de banda larga com 10 Giga Bytes. É como você pensar em mandar o e-mail e o próprio chegar antes de você dizer : “Envi… Chegou!”

A organização disse que é maior banda larga já disponibilizada em um evento de tezcnologia.

Batismo Digital

Quem nunca viu um computador na vida poderá ser batizado. O visitante receberá o Batismo Digital. Que dará a oportunidade ao usuário a conhecer as noções básicas sobre o uso de PCs – chamado de Batismo 1.0 – e  aos usuários que só sabem ligar o computador, a internet e usar o MSN terão a chance de conhecer as potencialidades do PC na vida pessoal e profissional.

No último evento no Brasil, 3 mil pagantes participaram do acampamento, fora o número de visitantes.

rodape_noresetnet2