• _

iCachecol para aquecer no frio

noreset_fuleiragenssitecachecolcinza

cidocoelho_profileSe você adora sair por aí com o seu tocador de MP3  (iPod, iPhone, Celular e afins) na mão escutando todas as suas músicas e podcasts sem ligar para o tempo, certamente vai adorar fazer isto de maneira mais simples, divertida e estilosa.

iCachecol possui um compartimento que permite acesso fácil aos botões do seu aparelho naqueles dias de frio intenso e esta disponível nas cores cinza e roxo.

O acesso é fácil pois o cachecol está tem um lugar privilegiado para que você coloque a sua música e possa mudar rapidamente as suas músicas no seu player sem ficar se matando no bolso da calça até achar o botão de play, pause, stop, enfim…

iCachecol 01

Se interessou? Então entra no site http://mercado.mambembe.com/ e aproveite seus dias nerds e frios, ouvindo uma boa música e quentinho…

Video Games Live adia show de Brasília! Será que foi o Sarney?

noreset_plantaovglconfusaocidocoelho_profileBom, não sei se isso foi culpa do Sarney, mas o show programado para o Video Games Live, em Brasília, foi cancelado.

Porém, de acordo com o site brasileiro do VGL, o show carioca será no dia 04 de outubro, no Canecão, em São Paulo será no dia 07 de outubro, no HSBC Brasil (ex-Tom Brasil). Já em Salvador, será no dia 1° de outubro e em Belo Horizonte será no dia 30 de setembro.

Mas, o local destas cidades ainda não foi confirmado até que uma força conspíratória os cancele ou o que o Tallarico arranje um lugar para os gamers se aconchegarem e curtirem o som.

Veja as imagens de DJ Hero mais Renegade “Ganância” Edition

noreset_musicadjhero8

Bom, o mundo gamer já sabe que Guitar DJ Hero vem aí. Porém, na semana passada, a Activision divulgou a edição de luxo, caro pra caray, do DJ Hero, a Renegade Edition, que tem uma bela picape preta com detalhes em dourado, com uma mala de metal preto e bordas prateadas que vira uma mesa para você brincar com o brinquedo de mixagem. É realmente um luxo… Não quero imaginar o preço…
E dentro desse kit, vem um CD do Eminem e do Jay-Z, para quem gosta deve ser uma maravilha, já para quem não gosta… Deixa quieto vai…
A edição pobre do DJ Hero deve custar uns US$ 120, que será lançado para o PlayStation 2, PlayStation 3, Wii e Xbox 360. Já o preço da edição de luxo… Multiplica por 10, vai… Você vai ter que doar um fígado e penhorar um rim para tentar pagar essa nova versão de Guitar Hero.
Para você babar mais, eu encontrei novas imagens do game. Olha a galeria, galera!

cidocoelho_profileBom, o mundo gamer já sabe que Guitar DJ Hero vem aí. Porém, na semana passada, a Activision divulgou a edição de luxo, caro pra caray, do DJ Hero, a Renegade Edition, que tem uma bela picape preta com detalhes em dourado, com uma mala de metal preto e bordas prateadas que vira uma mesa para você brincar com o brinquedo de mixagem. É realmente um luxo… Não quero imaginar o preço…

Olha aí como que é o brinquedinho novo.

Continue lendo

Finalmente! Guitar Hero 5 tem uma lista final!

Finalmente! Guitar Hero 5 tem uma lista final!
Depois de muita enrolação, a Activision liberou as últimas 15 músicas que farão parte do playlist de Guitar Hero 5. O jogo deve ser lançado para Wii, PS3 e Xbox 360.
Olha as últimas 15 músicas anunciadas e o restante da lista!
Stevie Wonder – “Superstition”
Dire Straits – “Sultans Of Swing”
Megadeth – “Sweating Bullets”

noreset_gamenews

Jimmy Eat World – “Bleed American”
TV On The Radio – “Wolf Like Me”
Queen & David Bowie – “Under Pressure”
Nirvana – “Smells Like Teen Spirit”
3 Doors Down – “Kryptonite”
Muse – “Plug In Baby”
The Killers – “All The Pretty Faces”
Arctic Monkeys – “Brianstorm”
Mötley Crüe – “Looks That Kill”
Johnny Cash – “Ring Of Fire”
Blink-182 – “The Rock Show”
The Raconteurs – “Steady As She Goes”
E a lista abaixo, você já conhece…
AFI – “Medicate”
A Perfect Circle – “Judith”
Billy Idol – “Dancing With Myself”
Brand New – “Sowing Season (Yeah)”
Bush – “Comedown”
Duran Duran – “Hungry Like The Wolf”
Eagles Of Death Metal – “Wannabe In L.A.”
Gorillaz – “Feel Good Inc.”
Gov’t Mule – “Streamline Woman”
Grand Funk Railroad – “We’re An American Band”
Iron Maiden – “2 Minutes To Midnight”
King Crimson – “21st Century Schizoid Man”
No Doubt – “Ex-Girlfriend”
Peter Frampton – “Do You Feel Like We Do? (Live)” B
Public Enemy Featuring Zakk Wylde – “Bring the Noise 20XX”
Rush – “The Spirit Of Radio (Live)”
Scars On Broadway – “They Say”
Smashing Pumpkins – “Bullet With Butterfly Wings”
Spacehog – “In The Meantime”
Sunny Day Real Estate – “Seven”
T. Rex – “20th Century Boy”
The Derek Trucks Band – “Younk Funk”
Weezer – “Why Bother?”
Wild Cherry – “Play That Funky Music”
Attack! Attack! UK – “You And Me”
Bon Jovi – “You Give Love A Bad Name”
Darker My Love – “Blue Day”
The Duke Spirit – “Send A Little Love Token”
Elton John – “Saturday Night’s Alright (For Fighting)”
Face To Face – “Disconnected”
Garbage – “Only Happy When It Rains”
Kaiser Chiefs – “Never Miss A Beat”
Kiss – “Shout It Out Loud”
Love and Rockets – “Mirror People”
My Morning Jacket – “One Big Holiday”
Nirvana – “Lithium (Live)”
The Police – “So Lonely”
Rammstein – “Du Hast”
The Rolling Stones – “Sympathy For The Devil”
Sonic Youth – “Incinerate”
Screaming Trees – “Nearly Lost You”
Sublime – “What I Got”
The Sword – “Maiden, Mother & Crone”
Thin Lizzy – “Jailbreak”
Tom Petty & The Heartbreakers – “American Girl”
The White Stripes – “Blue Orchid”
Band Of Horses – “Cigarettes, Wedding Bands”
Beastie Boys – “Gratitude”
Beck – “Gamma Ray”
Billy Squier – “Lonely Is The Night”
Blur – “Song 2″
Bob Dylan – “All Along The Watchtower”
Children Of Bodom – “Done With Everything, Die For Nothing”
Coldplay – “In My Place”
Darkest Hour – “Demon(s)”
David Bowie – “Fame”
Deep Purple – “Woman From Tokyo (’99 Remix)”
Elliott Smith – “L.A.”
Iggy Pop – “Lust For Life (Live)”
Jeff Beck – “Scatterbrain (Live)”
John Mellencamp – “Hurts So Good”
Kings Of Leon – “Sex On Fire”
Queens Of The Stone Age – “Make It Wit Chu”
Rose Hill Drive – “Sneak Out”
Santana – “No One To Depend On (Live)”
The Bronx – “Six Days A Week”
Thrice – “Deadbolt”
Tom Petty – “Runnin’ Down A Dream”
Vampire Weekend – “A-Punk”
Wolfmother – “Back Round

Gh5-cover

cidocoelho_profile

Depois de muito tempo, demora e  enrolação, a Activision liberou as últimas 15 músicas que farão parte do playlist de Guitar Hero 5.

O jogo deve ser lançado para Wii, PS3 e Xbox 360.

Olha as últimas 15 músicas anunciadas e o restante da lista!

Stevie Wonder – “Superstition”
Dire Straits – “Sultans Of Swing” Continue lendo

Não se faz mais Mega Man como antigamente

noreset_musica

juunin_profileEmbalado pelas tirinhas do Wesley Pires de semana passada, trago mais homenagens ao robozinho azul da Capcom!

Talvez poucas pessoas sintam o mesmo que eu ao assistir esses 2 vídeos. Não são todos que tiveram a oportunidade de jogar Megaman 1 e 2 no Nes como eu (que troquei minha coleção do He-Man por um nintendinho com meu primo).

J-Rock de qualidade associado com uma temática nostálgica e interessante, o vocalista Nyanyanya, o compositor Sera e o guitarrista Sam compõem o trio responsável por essas duas pérolas. Juntamente com a equipe do Scrap Storehouse, que fez as animações dos clipes, temos um dos melhores vídeos que vi no youtube nos últimos tempos!

A banda em questão se chama Team Nekokan. Ao contrário da maioria das bandas que se dedicam à música de videogames, eles não fazem versões de temas famosos e sim músicas com temas voltados para os games. No caso desses dois vídeos, o primeiro fala de como era difícil o primeiro Megaman e o segundo conta a saga do jogador tentando vencer o Airman (que não pode ser derrotado)!

Se você tiver gostado dos clipes acima, ainda encontrei mais dois no youtube: a história de amor platônico do Iceman pela Roll e os problemas pessoais que rolam entre o Megaman, o Rush e aquele “amigo sem braços e sem corpo”!

Agradeço ao Gabryel (megamiun no youtube) por legendar os vídeos!

Jazz Game Music

noreset_musica
juunin_profileEu sou um viciado em jazz – tenho dezenas de LP’s antigos do Charlie Parker, Chet Baker, Ella Fitzgerald e John Coltrane. Porém, também sou apaixonado por música de videogame! Imaginem minha alegria ao encontrar a banda The Runaway five!

Eles misturam de forma muito inteligente as músicas clássicas do videogame (principalmente da era 8bits) com jazz e o resultado é fenomenal! Eles já arrancaram elogios de Motoi Sakuraba (compositor das músicas da série Valkyrie Profile) e Michael Salvatori (da série Halo), além de já terem aberto duas ou três vezes o Video Games Live!

O nome da banda é uma referência à lendária banda do jogo Earthbound (Mother no Japão) que aparece em quase todos os games da série. No jogo eles nem sonham em tocar jazz, mas é um dos poucos RPG’s onde aparece uma banda que é parte da história.

Para escutar as músicas, visitem o site dos caras, o MySpace deles ou dêem play nos vídeos que separei aí embaixo. A qualidade do som no youtube não é das melhores, mas dá prá matar a vontade (pelo menos até eles lançarem um CD).

Música com chiptune de Atari

noreset_fuleiragens
juunin_profileOlá pessoal! Sou o Juunin, novo cachaceiro, fuleiro e tudo mais da NoReset Corp.

Quero começar com o pé direito (e o esquerdo) com vocês, então trouxe material de primeira qualidade!

A maioria deve estar acostumada com o termo “chiptune”  –  aquele barulhinho que os sistemas de 8 bits soltavam e que muita gente (inclusive eu) chama de música. Procurando hoje na internet, quase todas as músicas “chiptune style” que encontramos é baseada nos chips do antigo NES ou em emuladores desse processador de som, mas recentemente encontrei uma banda brasileira muito boa que faz essas músicas utilizando os sons do Atari! Trata-se do “trio” Golden Shower!

Digo “trio” entre aspas pois o grupo é composto pela dupla Markus Karlus e Kevin Rodgers e liderada pelo vírus Golden Shower – um vírus que estava hibernando no Mac 128k jurássico que eles usam para criar os chiptunes (se tiver tempo, divirta-se lendo a história do grupo no site oficial).

Golden Shower

Eles já foram citados aqui pelo Cido Coelhoalgum tempo atrás com a música Video Computer System mas na época eles tinham poucas composições. Hoje eles contam com quase 20 músicas (todas grátis para download) e um clipe novíssimo chamado Total Control. O estilo deles desviou um pouco do chiptune cru de Atari e já viajam por outros gêneros de música eletrônica.

Curtam o som da Golden Shower com a música Total Control!

Cara… Não tinha um nome melhorzinho pro grupo não? Achei tanta porcaria procurando a banda no Google…

Sega comenta a morte de Michael Jackson

noreset_plantaosega-genesis-michael-jackson-moonwalkercidocoelho_profileSim, internauta! Se você pensava que nós deixaríamos passar a morte de Michael Jackson, engana-se. Eu estava esperando exatamente a nota que a Sega publicou. Pois o que aconteceu com o rei do pop você pode ler em zilhões e zilhões de sites de notícias.

Por que esperar um comentário da Sega? Porque como um bom gamer que tem conhecimento, principalmente os “oldiers” como eu, a Sega fez com que Michael Jackson estreiasse no mundo dos games, com o épico game Moonwalker, que foi lançado em 25 de agosto de 1990, para os consoles Master System e Mega Drive/Genesis.

Além disso, o nome de MJ sempre rondou os corredores da produtora japonesa. As músicas do cantor fizeram parte de outro game como o Space Channel.

Outros rumores gamísticos rondavam o cantor, pois havia uma possibilidade de ter um jogo novo para PS2, PS3 e Wii em que só teria músicas do cantor. Porém, com a morte repentina, esse projeto pode ter sido abortado, e a Sega não confirma nada.

sonic_jackson

Agora leia o comunicado oficial da Sega, sobre o ex-parceiro musical da empresa japonesa:

“Nós da SEGA estamos muito tristes com a morte de Michael Jackson. Ele era uma verdadeira lenda da música cujas canções tocou em cada um de nós em algum momento das nossas vidas. Temos orgulho de ter trabalhado com ele e de termos incluído a sua música em alguns dos nossos jogos e temos a certeza que o seu génio vai permanecer vivo através do seu espectacular trabalho. Não temos dúvidas que as gerações futuras vão continuar a ouvir os seus grandes êxitos e a dançar os seus passos.”

Conheça um pouco do primeiro game que marcou a presença do rei do pop nos consoles da Sega:

DJ Hero terá músicas exclusivas

O Kotaku soltou essa: DJ Hero, o enésimo game da série Hero, terá uma trilha sonora de “mash-ups” (mixagens) exclusivos, que foram criados para o jogo.
A Activision vai liberar 80 mixagens, em que são misturadas duas músicas diferentes. A revista Game Informer já deu a letra e apontou algumas das mixagens de DJ Hero:
“Feel Good Inc.” (Gorillaz) com “I Heard It Through the Grapevine” (Marvin Gaye);
“All Apologies” (Nirvana);
“Give It to Me Baby” (Rick James).
De acordo com a outra produora FreeStyleGames, que está junto com a Activision nessa empreitada, há varios DJs famosos como o DJ Shadow. Há uma possibilidade, não confirmada, de que as músicas podem ser vendidas a parte.
O jogo será lançado para Xbox 360, PlayStation 2, PlayStation 3 e Wii.
noreset_gamenewsdjhero04
cidocoelho_profileO Kotaku soltou essa: DJ Hero, o enésimo game da série Hero, que em breve terá também o game Pagode Hero, terá uma trilha sonora de “mash-ups” (mixagens) exclusivos, que foram criados para o jogo.
A Activision vai liberar 80 mixagens, em que são misturadas duas músicas diferentes. A revista Game Informer já deu a letra e apontou algumas das mixagens de DJ Hero:
Feel Good Inc. (Gorillaz) com  I Heard It Through the Grapevine (Marvin Gaye);
All Apologies (Nirvana);
Give It to Me Baby (Rick James).
De acordo com a outra produora FreeStyleGames, que está junto com a Activision nessa empreitada, há varios DJs famosos como o DJ Shadow.
djhero08
Há uma possibilidade, não confirmada, de que as músicas podem ser vendidas a parte. O jogo será lançado para Xbox 360, PlayStation 2, PlayStation 3 e Wii.

Games estão destruindo a indústria da música! Acabe com os games!

noreset_analiseGames estão destruindo a indústria da música! Acabe com os games!
Essa nota do Finalboss que foi publicada no UOL achei hilária. É o típico caso que o game violento é o culpado pelo crime que a pessoa fez.
Todo mundo sabe que a pirataria, os downloads ilegais contribuem para o prejuízo da indústria musical, mas a desculpa da vez vem da imprensa britânica. E a desculpa não é original.
Agora quem é o inquisitor da vez é o jornal britânico The Guardian, que apontou uma das principais causas da queda drástica nas vendas de música é causada pelos consoles de videogames – que está em ascendência, mesmo em crise.
A comparação que o jornal fez foi essa: no Reino Unido, os gastos com videogames subiram de £1,18 bilhão, em 1999, para £ 4,03 bilhão em 2008.
No mesmo período, as vendas da indústria da música “capotaram” de £1,94 bilhão para £1,31 bilhão.
O The Guardian justifica que os consumidores se sentem mais satisfeitos gastar com games que duram horas do que com com quatro CDs ou com jogos que deem para ser jogados com  suas músicas favoritas, como Rock Band e Guitar Hero.
Supostamente o jornal cita o aumento dos gastos com DVD, porém o crescimento não é tão imenso quanto aos games.
Sim, seria a mesma coisa que no Brasil eu dissesse a culpa da queda de audiência das rádios brasileiras que tocam músicas, em muitas, as FM (Frequencia Modulada, como Jovem Pan2, Mix, Energia 97, em SP, e por aí vai), culpasse os camelôs que vendem os jogos piratas de Rock Band e Guitar Hero, pois estes jogos estão roubando suas audiências e falindo as emissoras de rádios.
Ou então a queda da audiência nas TVs no inicio dos anos 90 também foram proporcionados pelos milhões de consoles Nintendo Entertainment System, Super Nintendo, Mega Drive e Master System que assolaram o mercado na “Guerra dos 8 Bits e 16-Bits”
Logo, logo vão falar que os videogames interferem nos sitemas políticos, sociais, médicos e até mesmo religiosos das pessoas e que todos os consoles devem ser levados às fogueiras para que os humanos sejam purificados.
noreset_analiserockband_montcidocoelho_profileA nota do Finalboss que foi publicada no UOL achei hilária. É o típico caso que o game violento é o culpado pelo crime que a pessoa fez.
Todo mundo sabe que a pirataria, os downloads ilegais, preço alto das músicas vendidas em sites e lojas contribuem para o prejuízo da indústria musical, mas a desculpa da vez vem da imprensa britânica. E a desculpa não é original – ou talvez seja, pois é a primeira vez que vejo isso.
Agora quem é o inquisitor da vez é o jornal britânico The Guardian, que apontou uma das principais causas da queda drástica nas vendas de música é causada pelos consoles de videogames – uma indústria que está em ascendência, mesmo em crise.
A comparação que o jornal fez foi essa: no Reino Unido, os gastos com videogames subiram de £1,18 bilhão, em 1999, para £ 4,03 bilhão em 2008. No mesmo período, as vendas da indústria da música “capotaram” de £1,94 bilhão para £1,31 bilhão.
O The Guardian justifica que os consumidores se sentem mais satisfeitos gastar com games que duram horas do que com com quatro CDs ou com jogos que deem para ser jogados com  suas músicas favoritas, como Rock Band e Guitar Hero.
Supostamente o jornal cita o aumento dos gastos com DVD, porém o crescimento não é tão imenso quanto aos games.
Sim, seria a mesma coisa que no Brasil eu dissesse a culpa da queda de audiência das rádios brasileiras que tocam músicas, em muitas, as FMs (Frequencia Modulada; Como Jovem Pan 2, Mix, Energia 97, em SP, e por aí vai), culpasse os camelôs que vendem os jogos piratas de Rock Band e Guitar Hero, pois estes jogos estão roubando suas audiências e falindo as emissoras de rádios.
Ou então a queda da audiência nas TVs no inicio dos anos 90 também foram proporcionados pelos milhões de consoles Nintendo Entertainment System, Super Nintendo, Mega Drive e Master System que assolaram o mercado na “Guerra dos 8 Bits e 16-Bits”.
Logo, logo vão falar que os videogames interferem nos sitemas políticos, sociais, médicos e até mesmo religiosos das pessoas e que todos os consoles devem ser levados às fogueiras para que os humanos sejam purificados.
Talvez os games tenham alguma participação na vitória sobre a indústria músical, porém, a participação dessa fatia não é tão grande como o jornal The Guardian. E outra coisa: como que a indústria musical é prejudicada se ao mesmo tempo ela tem que ceder, entenda como venda, de direitos às produtoras de jogos para que os games saiam em evidência no mercado.
Tá aí, uma bela contradição papeleira, direto da terra da Rainha… Ai, caray!