• _

Chrono Trigger a Capella

noreset_musica

juunin_profile

Taí uma coisa que eu gostaria de ver ao vivo!

O grupo vocal japonês A’z gravou versões a capella de várias músicas do jogo Chrono Trigger! Infelizmente não tem imagem dos caras cantando – só imagem dos jogos nos vídeos.

Quem já ouviu o trabalho da banda alemã Van Canto não vai achar tão esquisito, mas com certeza vai surpreender os “não iniciados”!

Algumas vezes eles erram o tom, mas é quase imperceptível. Para ouvir mais gravações dele visite esse perfil no youtube.

Video Games Live adia show de Brasília! Será que foi o Sarney?

noreset_plantaovglconfusaocidocoelho_profileBom, não sei se isso foi culpa do Sarney, mas o show programado para o Video Games Live, em Brasília, foi cancelado.

Porém, de acordo com o site brasileiro do VGL, o show carioca será no dia 04 de outubro, no Canecão, em São Paulo será no dia 07 de outubro, no HSBC Brasil (ex-Tom Brasil). Já em Salvador, será no dia 1° de outubro e em Belo Horizonte será no dia 30 de setembro.

Mas, o local destas cidades ainda não foi confirmado até que uma força conspíratória os cancele ou o que o Tallarico arranje um lugar para os gamers se aconchegarem e curtirem o som.

Veja as imagens de DJ Hero mais Renegade “Ganância” Edition

noreset_musicadjhero8

Bom, o mundo gamer já sabe que Guitar DJ Hero vem aí. Porém, na semana passada, a Activision divulgou a edição de luxo, caro pra caray, do DJ Hero, a Renegade Edition, que tem uma bela picape preta com detalhes em dourado, com uma mala de metal preto e bordas prateadas que vira uma mesa para você brincar com o brinquedo de mixagem. É realmente um luxo… Não quero imaginar o preço…
E dentro desse kit, vem um CD do Eminem e do Jay-Z, para quem gosta deve ser uma maravilha, já para quem não gosta… Deixa quieto vai…
A edição pobre do DJ Hero deve custar uns US$ 120, que será lançado para o PlayStation 2, PlayStation 3, Wii e Xbox 360. Já o preço da edição de luxo… Multiplica por 10, vai… Você vai ter que doar um fígado e penhorar um rim para tentar pagar essa nova versão de Guitar Hero.
Para você babar mais, eu encontrei novas imagens do game. Olha a galeria, galera!

cidocoelho_profileBom, o mundo gamer já sabe que Guitar DJ Hero vem aí. Porém, na semana passada, a Activision divulgou a edição de luxo, caro pra caray, do DJ Hero, a Renegade Edition, que tem uma bela picape preta com detalhes em dourado, com uma mala de metal preto e bordas prateadas que vira uma mesa para você brincar com o brinquedo de mixagem. É realmente um luxo… Não quero imaginar o preço…

Olha aí como que é o brinquedinho novo.

Continue lendo

Especial Sonic 18 anos: ele vira adolescente!

noreset_especialespecialcabeça_sonic18anossonic18anos

ESPECIAL 18 anos de Sonic: ele chega a adolescência!
Pois é amigo NoReset! Eu acordei a pouco e estava pesquisando na bom e velha internet, quando me deparei uma coisa que passou meio apagada na blogosfera gamer: o Sonic fez 18 anos. Apesar do atraso de um mês, resolvi fazer um especial bacana para você que acessa este humilde blog todos os dias de sua vida. Veja o rápido vídeo, logo abaixo:
Cara… Parece que foi ontem, em mil novecentos e preto e branco, após as aulas chego na casa de um amigo, e vejo ele com o seu Mega Drive, na tela um “bichinho” azul e a tela correndo numa velocidade mais rápida que os meus olhos lerdos podiam acompanhar.
“É Sonic! Joga ae, é legal!”, diz o meu então amigo. E pela primeira vez experimentei um console da Sega. Cara, eu tinha um jogo com a qualidade dessas no meu Nes. Eu precisava conhecer e jogar mais isso, era muito bom!
Assim, aos poucos fui percebendo que não precisamos mais ser dominados por um encanador bigodudo, tinhamos um concorrente de peso e que peso. Na TV a propaganda da Tec Toy mostrava como que o Sonic do Mega Drive era muito mais superior que o do Master e ficava mais alucinado, querendo conhecer mais e mais sobre o Sonic.
Até então, na casa de outro amigo, esse que até hoje virou meu brother, estava jogando Maximum Carnage, que também é um jogo bem marcante, mas vamos falar do Sonic, né…
Voltando, ele trocou o cartucho –  até lembro do adesivo, no rodapé, tem a logomarca do Mega Drive e logo acima, um fundo azul, um baita “2” laranja e o Sonic com o seu parceiro Tails (eu devo ter esse cartucho guardado em algum armário, aqui em casa…). O início é marcante aos old gamers: “Seeeegaaaa!”
Sim, era Sonic 2 e eu ficara cada vez mais alucinado com esse personagem que marcou muito a minha vida. Ah, sim! Também não posso esquecer do Sonic Spinball, que não era tããão ruim, mas, também, não era tããããão bom…
Depois conheci, Sonic 2, Sonic 3, Sonic & Knuclkes e suas combinações com as três últimas versões de sucesso. Claro, depois conheci Sonic no Sega Saturn (ou Saturno para quem gosta dizer assim), nas versões Sonic R (que me decepcionou…), que prometia ser o grande rival de Mario e o então Super Mario Kart dos nintendistas, e claro, Sonic 3D Blast, no qual o Mega Drive, na UTI, também teve a chance de receber uma versão.
E por fim temos as versões do Dreamcast com o bem feito Sonic Adventure… E na nova geração PS2, pude jogar o Sonic Unleashed, que muita gente torceu o nariz por causa da mother fucker modificação, mas eu gostei de tudo, principalmente das músicas que vem naquele jogo e por fim, recentemente, pude conhecer o Sonic CD, que apenas 10 pessoas no Brasil conseguiram comprar e jogar o rápido mascote o famoso Sega (Mega) CD.
Esse é um pouco da minha vida na passagem pelo Sonic. Agora vamos falar sobre a história do ouriço.
O começo
Sonic the Hedgehog nasceu em 1990, a partir de uma solicitação da Sega ao seu estudo AM-8 (a Sega tinha estúdios divididos pela sigla AM, que ia do AM1 até o AM9, veja no quadro). A produtora pediu para que criassem um jogo para o seu super console de 16 Bits, Mega Drive, e que esse jogo tinha que superar a marca de um milhão de unidades vendidas.
O personagem tinha que se tornar a nova cara da Sega, abandonando o então “jankepot man” e velho parceiro, Alex Kidd, que não era tão legal e carismático (na visão da Sega) que o Mario da Nintendo. Sim, Sonic, literalmente, “puxou o tapete” do Alex Kidd, que nasceu no Master System, o console loser da Sega na batalha dos 8 Bits contra o Nes.
O ouriço azul, que nasceu dos traços de Naroto Ohsima, poderia ter sido substituído por um cachorro e até mesmo por um tatu. É meio impensável um tatu (?) como um mascote de um console…Em 1991, um cartucho com 512 KB, chega ao mundo Sonic The Hedgehog, que impressionou o mundo gamer daquela época, devido a velocidade, show de cores, músicas bem arranjadas e cenários muito bem feitos.
Esse foi o ponto de partida para ser a alternativa ao Mario e Luigi, pois Sonic e Tails mostravam que eles eram mais modernos e radicais. Depois da versão do Mega Drive, o Master System e o Game Gear receberam versões do novo mascote da Sega.
Sonic, junto com o Mega Drive foram os responsáveis pelo pontapé inicial para a “Guerra dos 16 Bits”. O sucesso do ouriço foi tão grande no Japão, que ao ser lançado no Ocidente, Alteread Beast que seria o jogo lançado junto ao então Genesis, foi deixado de lado e o cartucho do Sonic passou a acompanhar o console.
Jogos
Até maio 2006, foram vendidos mais de 44 milhões de unidades do game que teve passagem por Mega Drive/Genesis (Sonic The Hedgehog, Sonic 2, Sonic 3, Sonic 3D Blast, Sonic & Knuckles, Sonic Spinball, Dr. Robotinik´s Bean Machine, Sonic Special Stages, Wacky Worlds, Sonic Compilation com Sonic 3 in 1, Sonic Classics), Sega CD (Sonic CD), Sega 32X (Knuckles Chaotix, que sucedeu o protótipo Sonic Mars), Master System (Sonic The Hedgehog, Sonic´s Edusoft, Sonic The Hedgehog 2, Dr. Robotinik´s Mean Bean Machine, Sonic Chãos, Sonic & Tails, Sonic Spinball, Sonic Blast, Sonic Drift 2), para o portátil Game Gear (Sonic The Hedgehog 1 e 2, Dr. Robotinik Mean Bean Machine, Sonic Chaos, Sonic & Tails, Sonic Drift, Tails Adventures, Sonic 2 in 1 com Sonic 2 e Spinball, Sonic Labyrinth, Tails´Skypatrol, Sonic Blast, G-Sonic), para o console de 32 Bits que peitou o PlayStation One, Sega Saturn (Sonic 3D Blast, Sonic R, Sonic Jam) e aquele que foi o ultimo console construído pela Sega, o Dreamcast, com 128 Bits (Sonic Adventure, Sonic Shuffle e Sonic Adventure 2).
Após a desistência da Sega na produção de consoles, por alguns erros na condução do sucesso do Dreamcast, que tinha um bom hardware, produtoras de ponta, uma biblioteca de games promissora, ela resolveu sair da batalha dos consoles e virar uma fornecedora de games para as suas ex-rivais Sony, Nintendo e a parceira Microsoft, que ao meu ver usou a Sega como laboratório para o seu Xbox. E como o Sonic não tinha mais “casa”, ele deixou de ser rival do Mario e começou a fazer pontas ou dividiu a popularidade com o bigodudo do Mario na geração dos consoles mais poderosos.
Os consoles que receberam os jogos do Sonic na geração em que a Sega abandonou a fabricação de hardware foram o Nintendo Game Cube (Sonic Adventure 2: Battle, Sonic Mega Collection, Sonic Adventure DX, Sonic Heroes, Sonic Gems Collection, Shadow the Hedgehog, Sonic Riders) o portátil da Big N, Game Boy Advance (Sonic Advance, Sega Smash Pack, uma coletânea dos jogos da Sega com Sonic Spinball), Sonic Advance 2, Sonic Pinball Party, Sonic Battle, Sonic Advance 3, Sonic the Hedgehog Genesis) o outro portátil Nintendo DS (Sonic Rush, Sonic Rush Adventure, Mario & Sonic at the Olympic Games, Sega Superstars Tennis, Sonic Chronicles: The Dark Brotherhood, Mario & Sonic at the Olympic Winter Games, Sonic & Sega-All Stars Racing, que sairá em 2010), o console revolucionário Wii que recebeu várias versões do ouriço (Sonic and the Secret Rings, Mario & Sonic at the Olympic Games, Sonic Riders:Zero Gravity, Sega Superstars Tennis, Super Smash Bros Brawl, Sonic Unleashed, Sonic and the Black Knight, Mario & Sonic at the Olympic Winter Games, Sonic & Sega-All Stars Racing em 2010), o Sony PlayStation 2 que nasceu durante a morte da “maquina dos sonhos” (Sonic Heroes, Sonic Mega Collection Plus, SEGA Superstars, Sonic Gems Collection, Shadow the Hedgehog, Sonic Riders, Sonic Riders:Zero Gravity, Sega Superstars Tennis, Sonic Unleashed, Sony PlayStation 3, Sonic Next-Gen, Sonic Unleashed, Sonic & Sega-All Stars Racing) e o portátil Sony Playstation Portable (Sonic Rivals, Sonic Rivals 2).
A ex-parceira no Dreamcast e atual produtora de jogos do Microsoft Xbox também ganhou versões do Sonic (Sonic Heroes, Sonic Mega Collection Plus, Shadow the Hedgehog, Sonic Riders), e claro, O Xbox 360 também continuou recebendo jogos do ouriço (Sonic Next-Gen, Sega Superstars Tennis, Sonic Unleashed e Sonic & Sega-All Stars Racing que vai ser lançado em 2010).
Mutação
De Sonic “Ronaldo” a  Sonic “Lipoaspiração”
A imagem, que foi extraída do Kotaku tem a ver com o título, para perceber como que o Sonic evoluiu. Antes ele era mais baixinho e até gordinho, como o Ronaldo, mas após 18 anos, o pessoal do Sonic Team deram um trato no mascote da empresa: fizeram lipo, cuidaram do cabelo, da pele, esticaram ele e por fim deram olhos verdes. O Sonic de 1990 não é o mesmo de 2009. Pois, o Sonic de hoje ficou mais alto, magro e com um design mais para radical do que para “ai, que bunitinhoooo”. Olha aí.
Plataforma
2D consolidou o sucesso do Sonic
Um dos grandes motivos do sucesso do Sonic, que também contou com a potência do Mega Drive, foi a simplicidade nos controles, cenários ricos, vivos e bem coloridos e um dinanismo jamais visto no mundo dos games. Ele é um personagem que teve a ousadia de correr por meio de pistas com loopings, e voar em forma circular, como uma bolinha de prata que encontramos num jogo de pinball de qualquer shopping.
O ourico azul ajudou a encher os cofres da Sega, que quase foi para o buraco, com o “Crash dos Videogames”, em 1983 e ao mesmo tempo estimulou a Nintendo, que estava acomodada com o sucesso do seu 8 Bits e ao mesmo tempo a Atari estava caindo no esquecimento dos gamers por não inovar e manter a mesmice de pixels e animações estáticas, que já consolidaram a história dos games.
Mas, claro, como o Mario que coleta moedas para ganhar vidas, Sonic coleta argolas douradas, que o ajudam e defendem contra as ameaças, os robozinhos construídos por Eggman (ou Robotinik) controlados pelos inofensivos bichinhos da natureza.
E por incrível que pareça, apareceram alguns chatos, que querem aparecer mais que o jogo, falando que o Sonic não era tão bom, por ter poucos comandos e o personagem iria apenas para uma direção. Mas, os comentários caíram no esquecimento e Sonic continuou sobrevivendo uma geração seguida da outra.
Ouriço do 3D pode conseguir o mesmo sucesso do 2D?
Muita gente old gamer, como eu, que já jogou Sonic diz que o mascote da Sega está perdido no tempo. Ele tinha jogos muito bons na geração dos 16 Bits, mas na nova geração, com muitas mudanças, o ouriço da Sega tem que enfrentar o desafio de recuperar a mesma popularidade de antes. A sensação de muita gente que falou comigo é que o Sonic já não é mais o mesmo depois que a Sega deixou de fazer consoles, pois agora qualquer ideia mal elaborada vira um jogo do Sonic.
Para muitos, após os primeiros jogos do Dreamcast (Sonic Adventure 1 e 2) o Sonic perdeu aquele brilho dos 16 Bits. Agora, as novas apostas da Sega estão nos jogos Sonic Unleashed e Sonic Black Knight que tiveram bons elogios da crítica gamer. E resta para os mais nostálgicos que um dia, a Sega volte a fazer um console tão bom como os daqueles que foram feitos nos bons tempos para assim Sonic recuperar a popularidade de antes.
Curiosidades do mascote da Sega
Criador do universo – O pai da criança foi o programador do primeiro jogo foi Yuji Naka, que se iria tornar mais tarde o chefe da divisão Sonic Team, e o planeador do jogo foi Hirokazu Yasuhara. O jogo foi criado em 14 meses.
Música – A música dos dois primeiros jogos Sonic the Hedgehog para a Mega Drive foi criada por Masato Nakamura da banda japonesa de J-Pop, Dreams Come True, todas foram feitas exclusivamente para o jogo.
Vilão – O Dr. Robotinik (ou Eggman) teve inspiração no presidente norteamericano Theodore Roosevelt, que governou os Estados Unidos entre 1901 a 1909. http://pt.wikipedia.org/wiki/Theodore_Roosevelt
Porsche azul – O Sonic é azul e rápido porque o criador Yuji Naka é apaixonado por velocidade e ele é dono de um Porsche azul.
Não! Ele é azul por causa do logo – Outros especulam que o Sonic é azul por causa da logo da Sega.
Sonic Sayadin- O Super Sonic, do Sonic The Hedgehog 2, que se transforma com as sete Esmeraldas do Caos, foi inspirado na série Dragon Ball Z, quando o Goku e sua família Sayadin tem a possiblidade de se transformar em Super Sayadin. E quando você joga o Sonic & Knuckles com Sonic 3 e pega as 14 esmeraldas do jogo, o Sonic vira o Hyper Sonic, que é muito mais forte que o Super e pode destruir todos os inimigos da tela quando o pulo é pressionado por duas vezes. O criador do Sonic é fã da série da Toei Animation.
Ashura Sonic – Um bug do game, conhecido também por Sonic Punk, fez com que o ouriço ganhasse o apelido de Ashura Sonic. Isso aconteceu por causa de m erro na paleta de cores do Sonic 2.
Michael fez a musica do Sonic – No auge da crise do rei do pop, em 1993, Michael Jackson, que já foi personagem de um game da Sega, o Moonwalker, teria sido o compositor do Sonic The Hedgehog 3.
Com a evolução da crise judicial e de imagem que ele enfrentava, ele tinha abandonado o barco. Assista abaixo o vídeo em inglês e confira com seus próprios ouvidos. http://www.youtube.com/watch?v=JbVM-l2Oku4
Frank Sinatra inspirou a Sega – Outra teoria maluca é que o cantor inspirou o tema da fase Marble Zone, de Sonic The Hedgehog http://rapidshare.com/files/102390954/www.thefouron.com_-_Sonic_marble_zone_song.zip.html
Knuckles, carreira solo – No jogo de 32X, Sonic ficou de fora naquele que seria o Sonic 4. Porém, a Sega rasgou os planos e o jogo solo Knuckles Chaotix foi o único da Sega no qual o personagem azul ficou de fora.
HQ – Sonic tinha um anime. A Sega lançou duas OVAs que poderiam evoluir para uma série no Japão, mas novamente, a Service Games cancelou a ideia. No fim, as OVAs viraram Sonic The Hedgehog: The Movie, que nem deu as caras aqui no Brasil. Ele foi distribuido apenas nas salas de cinema da Europa e dos Estados Unidos.
A “mina” do Sonic – Amy Rose apareceu num mangá do Sonic em 1992 e ela estreiou apenas no Sonic CD do Sega CD.
Super Sonic Bros? Não mesmo! – Quase tivemos um Super Sonic, mas o Sonic Team segurou o nome Sonic.
Sonic em 3 plataformas pela primeira vez – Em 2003, o game Sonic Heroes foi o primeiro jogo do Sonic a ser lançado para 3 sistemas de empresas diferentes: o Nintendo Game Cube, Microsoft Xbox e Sony Playstation 2.
SNK – Porém, a primeira vez de verdade foi mesmo com a SNK (de KOF e Fatal Fury), com o game Sonic Pocket Adventure, para o portátil Neo Geo Pocket, em 1999.

cidocoelho_profilePois é amigo NoReset! Eu estava pesquisando na bom e velha internet, quando me deparei uma coisa que passou meio apagada na blogosfera gamer: o Sonic fez 18 anos.

Apesar do atraso de mais de um mês, fiz um especial bacana para você que acessa este humilde blog todos os dias de sua vida.

Veja o rápido vídeo, logo abaixo:

Continue lendo

Resumo da semana – 02/08/2009

VGL confirma mais duas cidades no Brasil

noreset_plantaosub_videogameslivecidocoelho_profileÉ internauta, eu li um “twitt” do H4douken e fiquei com medo… Apenas o show do RIO DE JANEIRO do Video Games Live ESTAVA EM LETRAS GARRAFAIS ESCRITO CONFIRMADO! Mas, só foi um susto do fanfarrão do webmaster que estava atualizando a página.

Pois agora, a capital do Sarney, Brasília, vai ter um show do VGL e pela primeira vez na televisão, a capital do acarajé, Salvador, vai ter também um show da trupe erudita mais o Tallarico. E é claro SP também! Porém, os locais doe eventos não foram confirmados, apenas o Canecão, na cidade carioca está certa…

Finalmente! Guitar Hero 5 tem uma lista final!

Finalmente! Guitar Hero 5 tem uma lista final!
Depois de muita enrolação, a Activision liberou as últimas 15 músicas que farão parte do playlist de Guitar Hero 5. O jogo deve ser lançado para Wii, PS3 e Xbox 360.
Olha as últimas 15 músicas anunciadas e o restante da lista!
Stevie Wonder – “Superstition”
Dire Straits – “Sultans Of Swing”
Megadeth – “Sweating Bullets”

noreset_gamenews

Jimmy Eat World – “Bleed American”
TV On The Radio – “Wolf Like Me”
Queen & David Bowie – “Under Pressure”
Nirvana – “Smells Like Teen Spirit”
3 Doors Down – “Kryptonite”
Muse – “Plug In Baby”
The Killers – “All The Pretty Faces”
Arctic Monkeys – “Brianstorm”
Mötley Crüe – “Looks That Kill”
Johnny Cash – “Ring Of Fire”
Blink-182 – “The Rock Show”
The Raconteurs – “Steady As She Goes”
E a lista abaixo, você já conhece…
AFI – “Medicate”
A Perfect Circle – “Judith”
Billy Idol – “Dancing With Myself”
Brand New – “Sowing Season (Yeah)”
Bush – “Comedown”
Duran Duran – “Hungry Like The Wolf”
Eagles Of Death Metal – “Wannabe In L.A.”
Gorillaz – “Feel Good Inc.”
Gov’t Mule – “Streamline Woman”
Grand Funk Railroad – “We’re An American Band”
Iron Maiden – “2 Minutes To Midnight”
King Crimson – “21st Century Schizoid Man”
No Doubt – “Ex-Girlfriend”
Peter Frampton – “Do You Feel Like We Do? (Live)” B
Public Enemy Featuring Zakk Wylde – “Bring the Noise 20XX”
Rush – “The Spirit Of Radio (Live)”
Scars On Broadway – “They Say”
Smashing Pumpkins – “Bullet With Butterfly Wings”
Spacehog – “In The Meantime”
Sunny Day Real Estate – “Seven”
T. Rex – “20th Century Boy”
The Derek Trucks Band – “Younk Funk”
Weezer – “Why Bother?”
Wild Cherry – “Play That Funky Music”
Attack! Attack! UK – “You And Me”
Bon Jovi – “You Give Love A Bad Name”
Darker My Love – “Blue Day”
The Duke Spirit – “Send A Little Love Token”
Elton John – “Saturday Night’s Alright (For Fighting)”
Face To Face – “Disconnected”
Garbage – “Only Happy When It Rains”
Kaiser Chiefs – “Never Miss A Beat”
Kiss – “Shout It Out Loud”
Love and Rockets – “Mirror People”
My Morning Jacket – “One Big Holiday”
Nirvana – “Lithium (Live)”
The Police – “So Lonely”
Rammstein – “Du Hast”
The Rolling Stones – “Sympathy For The Devil”
Sonic Youth – “Incinerate”
Screaming Trees – “Nearly Lost You”
Sublime – “What I Got”
The Sword – “Maiden, Mother & Crone”
Thin Lizzy – “Jailbreak”
Tom Petty & The Heartbreakers – “American Girl”
The White Stripes – “Blue Orchid”
Band Of Horses – “Cigarettes, Wedding Bands”
Beastie Boys – “Gratitude”
Beck – “Gamma Ray”
Billy Squier – “Lonely Is The Night”
Blur – “Song 2″
Bob Dylan – “All Along The Watchtower”
Children Of Bodom – “Done With Everything, Die For Nothing”
Coldplay – “In My Place”
Darkest Hour – “Demon(s)”
David Bowie – “Fame”
Deep Purple – “Woman From Tokyo (’99 Remix)”
Elliott Smith – “L.A.”
Iggy Pop – “Lust For Life (Live)”
Jeff Beck – “Scatterbrain (Live)”
John Mellencamp – “Hurts So Good”
Kings Of Leon – “Sex On Fire”
Queens Of The Stone Age – “Make It Wit Chu”
Rose Hill Drive – “Sneak Out”
Santana – “No One To Depend On (Live)”
The Bronx – “Six Days A Week”
Thrice – “Deadbolt”
Tom Petty – “Runnin’ Down A Dream”
Vampire Weekend – “A-Punk”
Wolfmother – “Back Round

Gh5-cover

cidocoelho_profile

Depois de muito tempo, demora e  enrolação, a Activision liberou as últimas 15 músicas que farão parte do playlist de Guitar Hero 5.

O jogo deve ser lançado para Wii, PS3 e Xbox 360.

Olha as últimas 15 músicas anunciadas e o restante da lista!

Stevie Wonder – “Superstition”
Dire Straits – “Sultans Of Swing” Continue lendo

Não se faz mais Mega Man como antigamente

noreset_musica

juunin_profileEmbalado pelas tirinhas do Wesley Pires de semana passada, trago mais homenagens ao robozinho azul da Capcom!

Talvez poucas pessoas sintam o mesmo que eu ao assistir esses 2 vídeos. Não são todos que tiveram a oportunidade de jogar Megaman 1 e 2 no Nes como eu (que troquei minha coleção do He-Man por um nintendinho com meu primo).

J-Rock de qualidade associado com uma temática nostálgica e interessante, o vocalista Nyanyanya, o compositor Sera e o guitarrista Sam compõem o trio responsável por essas duas pérolas. Juntamente com a equipe do Scrap Storehouse, que fez as animações dos clipes, temos um dos melhores vídeos que vi no youtube nos últimos tempos!

A banda em questão se chama Team Nekokan. Ao contrário da maioria das bandas que se dedicam à música de videogames, eles não fazem versões de temas famosos e sim músicas com temas voltados para os games. No caso desses dois vídeos, o primeiro fala de como era difícil o primeiro Megaman e o segundo conta a saga do jogador tentando vencer o Airman (que não pode ser derrotado)!

Se você tiver gostado dos clipes acima, ainda encontrei mais dois no youtube: a história de amor platônico do Iceman pela Roll e os problemas pessoais que rolam entre o Megaman, o Rush e aquele “amigo sem braços e sem corpo”!

Agradeço ao Gabryel (megamiun no youtube) por legendar os vídeos!

Jazz Game Music

noreset_musica
juunin_profileEu sou um viciado em jazz – tenho dezenas de LP’s antigos do Charlie Parker, Chet Baker, Ella Fitzgerald e John Coltrane. Porém, também sou apaixonado por música de videogame! Imaginem minha alegria ao encontrar a banda The Runaway five!

Eles misturam de forma muito inteligente as músicas clássicas do videogame (principalmente da era 8bits) com jazz e o resultado é fenomenal! Eles já arrancaram elogios de Motoi Sakuraba (compositor das músicas da série Valkyrie Profile) e Michael Salvatori (da série Halo), além de já terem aberto duas ou três vezes o Video Games Live!

O nome da banda é uma referência à lendária banda do jogo Earthbound (Mother no Japão) que aparece em quase todos os games da série. No jogo eles nem sonham em tocar jazz, mas é um dos poucos RPG’s onde aparece uma banda que é parte da história.

Para escutar as músicas, visitem o site dos caras, o MySpace deles ou dêem play nos vídeos que separei aí embaixo. A qualidade do som no youtube não é das melhores, mas dá prá matar a vontade (pelo menos até eles lançarem um CD).

Música com chiptune de Atari

noreset_fuleiragens
juunin_profileOlá pessoal! Sou o Juunin, novo cachaceiro, fuleiro e tudo mais da NoReset Corp.

Quero começar com o pé direito (e o esquerdo) com vocês, então trouxe material de primeira qualidade!

A maioria deve estar acostumada com o termo “chiptune”  –  aquele barulhinho que os sistemas de 8 bits soltavam e que muita gente (inclusive eu) chama de música. Procurando hoje na internet, quase todas as músicas “chiptune style” que encontramos é baseada nos chips do antigo NES ou em emuladores desse processador de som, mas recentemente encontrei uma banda brasileira muito boa que faz essas músicas utilizando os sons do Atari! Trata-se do “trio” Golden Shower!

Digo “trio” entre aspas pois o grupo é composto pela dupla Markus Karlus e Kevin Rodgers e liderada pelo vírus Golden Shower – um vírus que estava hibernando no Mac 128k jurássico que eles usam para criar os chiptunes (se tiver tempo, divirta-se lendo a história do grupo no site oficial).

Golden Shower

Eles já foram citados aqui pelo Cido Coelhoalgum tempo atrás com a música Video Computer System mas na época eles tinham poucas composições. Hoje eles contam com quase 20 músicas (todas grátis para download) e um clipe novíssimo chamado Total Control. O estilo deles desviou um pouco do chiptune cru de Atari e já viajam por outros gêneros de música eletrônica.

Curtam o som da Golden Shower com a música Total Control!

Cara… Não tinha um nome melhorzinho pro grupo não? Achei tanta porcaria procurando a banda no Google…