• _

Confira a entrevista do criador da “www”, Tim Berners-Lee

noreset_especial
campuspartylogo
3213299560_57c8e2ec93

cidocoelhoNesta terça-feira, o criador da World Wide Web (WWW) falou sobre a Web Semântica, dentro do Momento Telefônica. Em coletiva para a imprensa, Berners-Lee destacou sua preocupação de que a web funcione como infra-estrutura crítica para a sociedade

A palestra de Tim Berners-Lee “O futuro da Web – e isso é só o começo: olhando os próximos 20 anos”, no primeiro Momento Telefônica da Campus Party Brasil 2009, acabou com um recado para os mais de 6 mil campuseiros inscritos no evento. “É muito importante que a Internet permaneça aberta. O futuro está nas mãos de vocês. Se o browser que você usa não tem padrões abertos, não use esse browser. Vocês fazem a escolha. Vocês estão no controle”, finalizou o criador da World Wide Web (WWW), ovacionado pelo público.

Durante a apresentação de 45 minutos, Tim Berners-Lee primeiramente rememorou o início de seu trabalho, há 20 anos, que tinha o objetivo de reunir dados dispersos e incompatíveis, no que mais tarde deu origem a World Wide Web. Em seguida, ele se aprofundou na explicação da Web Semântica ou Internet 3.0, extensão da Internet atual que poderá permitir aos computadores e humanos trabalharem em cooperação. Ela seria capaz de organizar e usar todo o conhecimento disponível na rede de forma mais inteligente, misturando dados de fontes diferentes instantaneamente, a partir de dados abertos e linkados entre si. “A coisa mais importante quando vocês forem desenvolver alguma coisa na web é a universalidade. Você tem que ser capaz de utizá-la independentemente da plataforma, do sistema operacional, do browser ou da cultura que você esteja utilizando”, disse Berners-Lee.

Antes da palestra, o pai da WWW se reuniu com a imprensa e respondeu questões relativas aos seguintes temas:

Obama

“Uma das grandes coisas que Barack Obama já falou a respeito de tecnologia é que os dados sobre o governo estarão abertamente disponíveis, de forma acessível. Há uma nova onda de informações linkadas se espalhando por todas as áreas. O governo Obama chegou na hora certa, para contribuir com esse movimento por meio da abertura das informações relacionadas ao governo”.

Futuro

“A web é uma grande plataforma, e o importante é que é uma tela em branco, sobre a qual todos poderão fazer coisas com as quais eu nunca sequer sonhei. Há muitas coisas interessantes nascendo, como os dados linkados, a presença da web nos telefones celulares, que será especialmente importante em áreas rurais, por exemplo, onde a presença dos computadores é menor. Estamos começando uma Web Foundation, que pretende fazer da web algo conectado de forma humana. O importante para o futuro é pensar nos 80% da população que, hoje, não usam a internet: como a internet vai funcionar para essas pessoas? Uma das questões importantes para a missão da Web Foundation é que a web funcione como infraestrutura crítica para a sociedade. Por isso é importante que as universidades desenvolvam a web science, para entender tanto os aspectos técnicos quanto sociais da rede. Os telefones celulares serão muito importantes, mas a web sempre será acessada de formas diversas: às vezes eu preciso de coisas dentro do bolso, mas quando eu chego em casa quero uma tela de 52 polegadas, de resolução perfeita… O importante é que a web funcione de formas variadas”.

Web 3.0

“A Web 2.0 foi uma experiência muito frustrante para os usuários, porque eles colocam todas as informações em uma página e, quando acessam uma outra página, não podem usar aquele mesmo conteúdo. As redes sociais devem ser um sistema aberto, em que você controla seus dados, e essa informação pode ser usada por pessoas e sites diferentes. Você decide o que colocar e que uso isso vai ter, mas a partir de então é algo aberto. Essa é a visão de uma rede natural, feita de pessoas. Parte da ideia da rede de dados abertos linkados é a de ser a ‘rede de um amigo do amigo’: é uma rede de sites nos quais você concorda em ter seus dados. Você controla os seus dados, não uma empresa”.

Uso da Internet Semântica

“Hoje eu vejo a Internet Semântica como um movimento pelos dados abertos e eu encorajo a todos a colocarem seus dados linkados na Internet para que outros os possam utilizar. No futuro, as empresas e o governo irão nos fornecer os dados brutos e com eles poderemos fazer coisas fantásticas. Eles, por exemplo, não precisarão gastar com publicidade, já que as pessoas poderão fazer seus próprios catálogos a partir desses dados brutos”.

Sociedade

“Devemos tomar cuidado com novas formas de sociedade: tivemos vários exemplos desastrosos ao longo da história. O interessante é que em diferentes comunidades da rede as pessoas estão lidando com novas formas de democracia e de meritocracia: de como nós, como um grande grupo, tomamos uma decisão com base na maioria, mas também sabermos reagir quando nos damos conta que a minoria estava correta. Estou muito animado com os movimentos que tenho visto nesse sentido dentro da web”.

3213274774_28af777832

Pedofilia e crimes na internet

“Claro que esses são assuntos que nos preocupam a todos, mas o que você vê na web é simplesmente a humanidade: com seus aspectos horríveis, outros maravilhosos. A Internet é uma ferramenta poderosa. A informação é algo poderoso, que pode ser usado para coisas horríveis ou para coisas excelentes. Mas sou otimista quanto à humanidade, porque no final das contas, quando nos juntamos para resolver os problemas, acho que acabamos fazendo mais bem do que mal”.

Segurança e privacidade

“Talvez nosso padrão mude nos próximos anos, porque uma mudança importante seria escolher especificamente para que fim será usada a informação que colocamos na rede. No futuro, será muito fácil ter acesso ao conteúdo, mas uma empresa não poderá utilizar essa informação para um fim indevido”.

Internet provida pelo governo?

“Nos EUA, eu tenho a opção entre diversos provedores comerciais, um deles que leva fibra ótica até minha casa. Em outros países, as pessoas podem decidir que o governo seja o provedor, mas tem a ver com a cultura de cada lugar. Mas eu gosto do sistema que permite a concorrência comercial e a escolha da empresa que eu quero oferecendo conteúdo”.

Interatividade na Internet 2.0

“A Internet pode ser muito mais interativa. No momento em que os dados forem abertos, a Internet vai poder se alimentar muito mais de aplicativos e vai se tornar muito mais poderosa”.

Twitter

“É uma nova forma de comunicação. Hoje há tantas coisas fascinantes na Internet que eu não tenho favoritos. Sempre que há uma novidade, uma coisa que é a mais quente do momento, pode ter certeza que há outra logo atrás, chegando para tirar seu lugar”

rodape_noresetnet3

Sony Ericsson aborta PlayStation Phone

noreset_plantao
6919_psp_phone_aCido CoelhoA gigante Sony se recusou a ceder a sua joint venture Sony Ericsson a usar a marca PlayStation na linha de celulares. A idéia era fazer o mesmo que foi feito com o Walkman e a Cyber-shot que viraram linhas de celulares.

A Sony negou a possibilidade em dezembro e com isso gerou um conflito com a joint-venture. Pois, segundo fontes que conversaram com o site inglês Mobile Today, uma corrente defende que a Sony só deve lançar o PlayStation Phone quando ela se separar da Ericsson. Porque uma parte dos executivos são contra a parceria com a fabricante suéca de celulares.

Uma outra justificativa – a mais verdadeira – é que durante uma reunião, em dezembro, a Sony não aprovou a experiência porque os fones de ouvido não garantiram uma boa experiência de envolver o gamer com os jogos.

Recentemente no Japão a joint-venture sueco-japonesa lançou a linha de celulares Bravia – que são as TVs de alta definição e LCD da Sony.

O porta-voz da Sony Ericsson declarou que futuramente vai rever os planos para a linha de celulares Bravia  no restante do mundo e uma nova análise para criar a linha de PlayStation Phone.

Vendas caem… E muito!

sony-ericsson-logo

Na última sexta-feira a Sony Ericsson apresentou os relatórios fiscais, que apontaram um resultado pior que o esperado, com queda de 21% nas vendas em relação ao ano de 2007.

Para variar a culpa é da crise financeira e isso pode virar um festival de rumores para o racha entre a japonesa Sony e a sueca Ericsson. Vamos ver onde isso vai chegar…

rodape_noresetnet3

Criador do eyeOS estará na Campus Party Brasil

banner_campusparty2009

Cido CoelhoO jovem empreendedor e desenvolvedor catalão, Pau Garcia-Milà, virá ao Brasil para participar da segunda edição da Campus Party Brasil 2009, que acontece de 19 a 25 de janeiro, no Centro de Exposições Imigrantes, na zona sul de São Paulo, .

Garcia-Milà fará uma conferência sobre o respeitado sistema eyeOS, um exemplo de Open Source e Cloud Computing. O eyeOS é um sistema online, de código aberto, gratuito e multi-plataforma, baseado na área de trabalho de um sistema operacional;

Na conferência, Pau Garcia-Milà vai falar sobre Cloud Computing, um modelo de computação em que dados, arquivos e aplicações residem em servidores físicos ou virtuais, que são acessíveis por meio de uma rede em qualquer dispositivo compatível.

O desenvolvedor falará também sobre a história do projeto eyeOS, seu status, como participar da comunidade e vai ensinar baixá-lo e instalá-lo localmente.

Pau Garcia-Milà é de Barcelona (Espanha) e aos 15 anos começou a desenvolver pequenos projetos. Com apenas 18 anos fundou o eyeOS com a intenção de criar um sistema operativo web para fazer frente aos futuros projetos da Microsoft.

Em 2008, o eyeOs registrou mais de 400.000 membros por todo o mundo e quase meio milhão de downloads. Gigantes como a Microsoft, Apple e Google já lançaram ou preparam produtos parecidos com o projeto de Garcia-Milà.

Porém, o eyeOS é baseado em uma plataforma de software livre, o que garante o destaque do produto frente aos destas grandes empresas. O criador do sitema eyeOS fará a conferência e a apresentação de sua criação no dia 21 de janeiro, às 14 horas.

rodape_noresetnet3

Área Expo promete agitar a Campus Party Brasil

banner_campusparty2009

Cido CoelhoA segunda versão brasileira do maior encontro de Internet do mundo, que acontece entre 19 e 25, em São Paulo, no Centro de Exposições Imigrantes oferecerá uma programação turbinada às cerca de 300 mil pessoas que deverão circular pela área Expo. Com 12.000 m², o local é gratuito e aberto à visitação do público, desde que seja apresentado convite que pode ser impresso no site da Campus Party Brasil.

Assim como na primeira edição, os visitantes entrarão em contato com o amanhã por meio de gadgets (dispositivos eletrônicos) na Campus Futuro e conhecerá as últimas inovações desenvolvidas para o mundo digital em estandes de empresas de tecnologia e comunicação. Porém, com mais espaço, a área Expo desta edição abre lugar para ações inéditas. Caso do Batismo Digital, que pretende apresentar o computador e as funcionalidades da Internet para mais de 10 mil pessoas.

Outra novidade é o fato da área de Astronomia (uma das 12 áreas temáticas do encontro) ter sido trazida para o espaço aberto ao público. “Como 2009 é o Ano Internacional da Astronomia pela Unesco, a idéia é darmos um presente aos visitantes do evento, que vão poder explorar o céu em comemoração aos 400 anos das primeiras observações de Galileu”, conta Marcelo Branco, diretor-geral da Campus Party Brasil.

Ao longo dos sete dias de evento, a área Expo funcionará das 10 horas às 21 horas, contando também com uma ampla praça de alimentação em um ambiente descontraído. Conheça mais sobre cada atração da área Expo da Campus Party Brasil 2009 a seguir.

Campus Futuro


Aqui os visitantes têm a chance de colocar os pés no amanhã e experimentar gadgets, projetos e avanços tecnológicos que prometem revolucionar o mundo em que vivemos. Nesta edição, serão apresentados:

Earthwalk: interface aplicada sobre o Google Earth que permite ao usuário caminhar sobre a Terra como se estivesse voando – é possível navegar e dar zoom com o toque dos pés;

Brainball: contra as convenções de competitividade, este jogo é vencido por aquele que registra menos ondas cerebrais, ou seja, relaxa – tudo é medido por eletrodos e sensores colocados na cabeça dos participantes;

Massage Me: nova forma de fazer exercício, jogar e relaxar através de uma jaqueta que massageia e controla um programa de videogame – jogado a dois;

Robótica brasileira: universidades brasileiras com tradição no desenvolvimento de robôs vão mostrar diversos tipos de criações, desde rastreadores até aqueles que incorporam emoções;

Além disso, a área contará com a mostra de vídeos Mobilefest, que apresenta trabalhos nacionais e internacionais produzidos por – e para – aparelhos móveis com o objetivo de promover uma ampla visão sobre a estética e a linguagem destas novas tecnologias.

Feira de expositores

Em mais de 40 estandes espalhados pela área Expo, o público entrará em contato direto com novidades tecnológicas desenvolvidas por empresas de tecnologia e comunicação para o mundo digital.

Este é o local das inovações que antecipam tendências de mercado e permitem que cada participante conheça e teste ao vivo o futuro da tecnologia e do entretenimento digital.

Batismo Digital

Uma das principais ações de Inclusão Digital do evento, o Batismo Digital acontece pela primeira vez na Campus Party Brasil e irá utilizar, diariamente, 200 computadores para batizar um público estimado em 10 mil pessoas.

Será oferecido em duas versões: 1.0, que dá noções básicas sobre o uso de PCs (utilizará 80 PCs), e 2.0, que mostra como a Internet e as redes sociais podem ser decisivas na vida pessoal e profissional de qualquer pessoa (120 PCs).

A iniciativa tem o jornalista Gilberto Dimenstein como padrinho oficial, por meio do seu projeto Catraca Livre, além de contar com diversas parcerias com entidades e ONGs.

Astronomia

A área de Astronomia tem como mote o Ano Internacional da Astronomia 2009 pela UNESCO, que comemora os 400 anos das primeiras observações telescópicas do céu feitas por Galileu Galilei. Por esta razão, deixa excepcionalmente a área Campuseiros nesta edição para poder ser visitada pelo público em geral na Expo.

Entre os pontos altos da programação, haverá a exposição de arte e ciência “Sobre os Céus”, cujo nome é uma alusão ao trabalho cosmológico de Aristóteles, e observações do céu com utilização de telescópios e lunetas para mais de 500 pessoas por noite.

Sobre a Campus Party

Criada na Espanha em 1997, a Campus Party transformou-se, em 12 anos de existência, no maior evento mundial integrando tecnologia, conteúdo digital e entretenimento em rede. Os participantes mudam-se com seus computadores, malas e barracas para dentro de uma arena, onde se conectam a uma rede superveloz e convivem em torno de oficinas, palestras, conferências, competições e atividades de lazer.

Todos ensinam, aprendem e compartilham conhecimento, exercendo, de fato, o sentido democrático e pluralista que deve ter a nova sociedade da informação. Participam do encontro estudantes, professores, cientistas, jornalistas, pesquisadores, artistas, empresários e milhares de visitantes. Em comum eles têm a busca pelas últimas novidades tecnológicas, pela troca livre de conteúdos e pelo compartilhamento de experiências ligadas ao mundo digital.

Tradição na Campus Party Espanha, o Batismo Digital também fez parte da programação da 1ª Campus Party Iberoamérica, que aconteceu em San Salvador (El Salvador), em outubro, dentro da Cúpula de Chefes de Estado e de Governo, reunindo 10 mil pessoas.

rodape_noresetnet3


Rápidas da CES – FINAL

cabeca_ces2009Cido CoelhoA Consumer Electronic Show chega ao fim voltando ao passado e com promessas para a sucessão das telas LCD. O balanço que eu faço é que não apareceu nada mirabolante. O lado bom disso é que as empresas estão se conscientizando mais com o consumo de energia, produzindo eletrônicos “verdes” com o consumo de energia até 60% menor que as TVs LCD existentes no mercado.

Outra novidade para ajudar a “salvar o meio ambiente” é que os sucessores da LCD vem para mostrar a melhor imagem, no menor espaço e com pouca energia elétríca. Além disso, nos deparamos com algumas promessas com o PlayStation 3 3D, Xbox IPTV, notebooks cada vez menores, cameras digitais e vídeo menores e mais potêntes e um beta de Windows que ficou na promessa.

As principais cerejas do bolo da CES foram a integração de celulares com relógio, o aumento da realidade virtual e da alta definição e a briga entre as fabricantes para ver quem faz a TV mais fina do mundo. E você? O que achou da CES?

Veja as ultimas bugigangas que foram os princiapais destaques e até o International CES 2010.

Movimento retrô 1: Retro Duo

retro_duo

A empresa Innex voltou ao passado criando um console que tem compatibilidade com o Super Nintendo e o Nintendinho.
Nas cores vermelha e dourada o video game é compatível com os jogos produzidos nos Estados Unidos e a maioria dos jogos japoneses. Na parte superior do console você vê as duas entradas – o para cartuchos japoneses e a entrada grande para o SNES e o NES americano.
A empresa não divulgou quanto custará o brinquedinho clássico.

—-

Momento retrô 2: NES Portátil

portablenes

Sim, empolgada a voltar ao passado, a Innex também apresentou o FC Mobile que é um portátil do tamanho de um Game Gear e dá para colocar cartuchos do NES. Com uma tela pequena, mas com boa qualidade, o portátil retro vem com cabos AV para ligar na TV e jogar, claro, e no estande da empresa fabricante existia uma demonstração do portátil com uma fita com os jogos Mario Bros e Duck Hunt.

—-

A TV por internet do Xbox 360 está chegando

A Microsoft deixa claro que deseja deixar o 360 um verdadeiro centro de mídia como a Sony prega com o seu PlayStation 3.
A promessa é que as grandes redes de TV possam transmitir o sinal de TV na rede de internet direto para o Xbox, com uma taxa mensal, é claro. A Microsoft já está fazendo alguns testes na Inglaterra com a companhia telefônica British Telecom. Entretanto nos Estados Unidos ainda não tem data programada para começarem os testes.

—-

OLED vem para ficar

As TVs ultra finas ainda custam caro para serem fabricadas

As TVs ultra finas ainda custam caro para serem fabricadas

Um dos destaques da CES foram as telas OLED que prometem suceder as telas de cristais líquido ou as famosas LCD. Apesar da tecnologia ainda ter um custo alto as fabricantes estudam e apresentam como as telas ultra finas podem ser viaveis no futuro.

A Sony apresentou um protótipo de 27 polegadas, a Samsung apresentou modelos de 14 e 31 polegadas e a LG também mostrou alguns modelos mas declarou que ainda não terá previsão de colocar os modelos de TV no mercado.

—-

OLED dobrável

A Sony apresentou um protótipo de uma tela display que pode ser dobrável. Com apenas 1,4 polegada a telinha tem uma alta qualidade de imagem. Para a Sony, a criação do XEL-1 pode determinar o início do fim do papel.

—-

Palm apresenta o concorrente do iPhone

palmpre

Pre promete desbancar o telefone da Apple. Segundo a fabricante, Palm, o pequeno smartphone tem conectividade 3G, tem acesso a Wi-Fi, Bluetooth, câmera de 3 megapixels com flash, saída para fones de ouvido, com 8 GB de armazenamento. Isso porque o teclado fica escondido, o aparelho pesa 136 gramas e tem a famosa funcionalidade de toque e uma área de gestos, isto é, você fará gestos para fazer o telefone funcionar. Fora isso, a Palm disse que qualquer peão que manja de HTML, CSS, Java pode criar aplicativos para o brinquedinho.
Ele começara a ser vendido com exclusividade a partir da metade de 2009 por uma operadora nos Estados Unidos. A empresa não informou quando o brinquedinho vai custar.

—-

Controle remoto nunca mais!

As fabricantes japonesas Hitachi e Toshiba apresentaram telas em que o usuário faz movimentos para controlar a TV. Os aparelhos terão sensores de movimento embutidos e para usar a TV o cidadão terá que fazer gestos a distância para poder trocar de canal ou reduzir e aumentar o volume.
A TV da Toshiba permite que o usuário navegue em um conteúdo gravado. Ele poderá dar Zoom em uma tela de vidro juntando as palmas das mãos dar o play com um gesto ou voltar e avançar o vídeo movendo as mãos para a horizontal. Já os monitoers da Hitachi permite que você ligue e desligue a TV fazendo movimentos de onda, mudar os canais com as mãos, movendo para os lados e controlar o volume com movimentos de círculo.

—-

Dick Tracy está entre nós!

relogiodickO famoso comunicador do lendário detetive Dick Tracy está de volta. A LG lançou um relógio que tem funções de telefone e de comunicação por vídeo, graças a uma micro câmera embutida. Com 13, 9 milímetros uma tela de 1,43 polegadas o relógio tem reconhecimento de voz, saída de áudio para MP3 e é bonito. A única mancada é que o relógio-comunicador tem uma bateria com uma vida útil de três horas. Mas a fabricante coreana prometeu aumentar a duração da bateroa do relógio.

rodape_noresetnet3

Rápidas da CES 2009 – PARTE 2

cabeca_ces2009

Cido CoelhoO segundo dia da CES 2009 terminou, mas não é por isso que você não vai saber o que aconteceu. Basta acompanhar aqui no NoReset o que rolou  em Las Vegas. A Microsoft deu para trás e não vai mais lançar o beta do Windows 7. Além disso a Kodak e a Olympus brigam para fazer a câmera mais potente e a Sony divulga os números e surpresas  da família PlayStation e apresenta no seu estande as  novas câmeras de vídeo, que são potentes e tem preços atrativos para o público que está lá nos Estados Unidos.

“LittleBigPlanet vendeu mais de 1,3 mi de unidades”

O presidente da Sony Computer Entertainmet, Kaz Hirai comentou que a grande aventura do PlayStation 3 – LittleBigPlanet – teve mais de 1,3 milhão de unidades vendidas.
Além disso, o executivo da Sony declarou que os usuários da rede online do jogo criaram mais de 300 mil fases. Porém o título ainda não superou o blockbustar Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots.

PlayStation Network e Home estão crescendo

Além disso, Hirai comemorou o número de cadastros na rede do console, que chegou aos 17 milhões de usuários. Para completar a comemoração, o presidente da Sony comemorou o bom rendimento da PSHome. Segundo o líder da fabricante japonesa, mais de de 3,4 milhões de pessoas já baixaram o “Second Life” do console.

Life with PlayStation

Hirai confirmou que até o meio de 2009 o console vai ter uma atualização do Life with PlayStation, que vai permitir a leitura de algumas notícias e o tempo na cidades.

PlayStation 3 em 3D

Durante o discurso na CES o CEO da Sony Howard Stringer declarou que tem um grande interesse em desenvolver a tecnologia 3D. Chamada de RealD 3D, que segundo o executivo, essa novidade pode ser usada na linha de videogames da Sony.
No stand da Sony foi apresentado alguns vídeos de Gran Turismo 5 Prologue, Wipeout HD e MotorStorm: Pacific Rift usando a tecnologia RealD 3D. Com isso a Sony espera que aumentará a realidade imergindo o gamer no jogo com detalhes em alta definição misturado com o mundo do gamer. A RealD poderá ser uma carta na manga da Sony para ajudar nas vendas do console.

Microsoft recua e adia download do Windows 7 beta

A empresa alegou que a distribuição do download foi cancelada porque o tráfego da rede da Microsoft está pesado, devido ao interesse dos usuários, impedindo a fabricante do sistema operacional a colocar a versão de testes do Windows. A empresa não divulgou a nova data para disponibilizar a versão de testes do sucessor do Vista.

Microsoft divulga o Tag Reader para o iPhone

Um mês depois de lançar o primeiro aplicativo para o celular da Apple, a Microsoft apresentou um novo aplicativo para o brinquedinho.
O Tag Reader é um leitor de tags 2D e levará ao usuário a informação que ele precisa com um toque em um tag escolhido, assim o do do iPhone poderá escolher um site, mapa, música e até propaganda.

—–

Sharp lança TV LCD Full-HD com Blu-ray embutido

A japonesa Sharp apresentou uma linha de TV LCD com player Blu-ray no televisor.
A Aquos BD terá um drive que terá a flexibidade de receber CDs, DVDs  e a nova tecnologia – o BD.
Os modelos terão a definição de imagem 1080p com a otimização do conteúdo, com a possiblidade da intensificação do brilho e o contraste das imagens. A linha Aquos BD terá conexão para o PC, assim a TV poderá ser também um montior de computador. Os tamanhos dos televisores vão de 32 a 52 polegadas, que vão chegar no mercado dos Estados Unidos a partir de fevereiro, exceto os modelos de 46 e 52 polegadas.

LG terá a primeira linha de TV com selo verde

A fabricante coreana LG começa a vender no mercado os televisores que consomem pouca energia. Por isso, a Associação de TVs LCDs vão receber o GreenTV, garantindo que os televisores realmente vão gastar uma menor quantidade de energia. A TV da LG promete consumir entre 30% e 60% menos energia que os televisores convencionais.

Olympus e Kodak lançam câmeras com zooms de 26x e 24x

As duas empresas de máquinas digitais estão disputando para fazer máquina com zoom óptico mais potente do mercado. A Kodak saiu na frente com o modelo Z980 que tem estabilização de imagem e o modo que estabiliza os recursos da câmera de acordo com o ambiente – conhecido por Smart Capture.
Já a Olympus acabou com a alegria da Kodak e apresentou o modelo SP-590 UZ, que tem um zoom óptico com 26x de alcançe, com lentes de 26 mm e resolução de 12 megapixels. Isso porque a câmera tem um sistema de detecção de face que suporta até 16 pessoas em uma foto, com estabilização de imagem e 29 modos de fotografia.
Preços: a Kodak custará US$ 400 e a Olympus, US$ 450.

Sony lança câmeras de vídeo com zoom de 60x

A Sony não é só PlayStation e Bravia e apresentou suas câmeras de vídeo, que terão versões em disco rígido, memoria flash e DVD com preços até que “populares”.
Além do zoom de 60x, os brinquedinhos de gravação de vídeo terão disco rígido de 80 GB no modelo Handycam DCR-SR67, com lentes Carl Zeiss e tela LCD 2,7 polegadas. O modelo DCR-SR47 tem disco rígido de 40 GB. Os outros modelos terão memória flash que variam nos tamanhos de 4 GB a 16 GB.
E todos os modelos também custarão menos de 500 dólares e serão lançadas nos Estados Unidos em fevereiro. No restante do mundo a Sony ainda não deu a data.

LINKS RELACIONADOS
Rápidas do CES – PARTE 1

rodape_noresetnet3

Rápidas da CES 2009 – PARTE 1

cabeca_ces2009

Cido CoelhoConfira o melhor do primeiro dia da Consumer Electronic Show, que acontece em Las Vegas, Estados Unidos até o dia 11 de janeiro. De nova versão do Windows 7 até o novo Rock Band que não vai sair este ano. E vamo que vamo até o sábado muita coisa bacana vai rolar nos States!

Microsoft vai liberar a versão beta do Windows 7

win7_beta

A Microsoft lançará a versão de testes do Windows 7 na próxima sexta, durante a CES 2009.
O novo sistema operacional promete mais agilidade a partir de uma interface iniciada do zero. Além disso, quando o sitema estiver na versão final ele permitira o uso de touch-screen – como o iPhone – você tocara na tela do PC compatível com toque para agilizar nas suas atividades cotitidanas.
Você poderá baixar a versão beta no site http://www.windowslive.com/explore

MTV EUA vai disponibilizar vídeos para o PlayStation

A MTV vai disponiblizar mais de 2 mil horas de programação em vídeo para serem vendidos na loja de vídeos do PlayStation. Em fevereiro os vídeos começarão a serem vendidos. Além disso, os programas The City, South Park e Bob Esponja também estarão a venda na PlayStation Store.

Sony apresenta Vaio de bolso

vaio_bolso2vaio_bolso

A Sony anunciou na CES o notebook de bolso. Além disso, a poderosa fabricante de eletronicos afima que é o notebooke mais leve do mundo – com 0,6 kg.
Com esse novo modelo, a empresa estreia no mercado de PC ultraportáteis. Além disso, a Sony diz que o pequeno computador é elegante e e vistoso, devido a prioridade ao design do Vaio. O notebook acompanhará o sitema operacional Windows Vista.
O único problema desse modelo é o preço: US$ 900. Os modelos de outras marcas custam entre US$ 300 e US$ 400.

Rock Band 3? Em 2009? Onde?

A Harmonix e a MTV Games anunciaram que não terá uma nova versão de Rock Band em 2009. Quem confirmou isso foi o CEO da produtora, Alex Rigopolous durante uma palestr na CES 2009.
Mas para ninguém chupar o dedo o executivo explicou que os empregados estão trabalhando um novo jogo musical com os Beatles e o console seria em formato teclado.

—-

Sony lança linha de TV ecológica

bravia_eco
A linha de televisores Eco Series da Sony promete incorporar o mundo limpo na produção de TVs. Os três modelos: 52 polegadas no KDL-52VE5, 46 polegadas no KDL-46KEV5 e  40 polegadas no KDL-40VE5 vão usar o stand-by zero, sensores de movimento e luz de acordo com o ambiente, para priorizar a redução do uso de energia. As TVs serão inteligentes ao usar os sensores de presença para detectar se há pessoas no ambiente. Em caso de ausência de pessoas no ambiente por um longo período de tempo a TV desliga sozinha. A linha ecológica terão os sitemas BRAVIA Engine 2, BRAVIA Sync, 24p de True Cinema, com 4 canais HDMI.

JVC lança a TV LCD ultra fina

tv_jvc

A JVC lançou um televisor leve com 32 polegadas e menos de 5 quilos. O formato da TV permitirá aos usuários que a tela possa ser exposta de várias formas na sala.
Este LCD tem 50% menos materiais e 10% de módulo menor em relação aos outros modelos da fabricante. A JVC desenvolveu novos elementos ópticos para superar as limitações, maximizando o visor de alta resolução de energia utilizada.

rodape_noresetnet3

Resetrospectiva 2008 – A Retrospectiva do NoReset

retrospectivanoreset08
podcast_logoO ano termina, mas ainda você pode conferir o que aconteceu em 2008 com os editores do NoReset. Finalmente, o NoReset tem um podcast! O site estréia no último dia do ano o seu conteúdo no formato áudio, que pode ser baixado, para ouvir no seu MP3 ou computador,  no site http://noreset.podomatic.com ou então clique abaixo e ouça direto no player o resumo de 2008, nos comentários e apresentação de Cido Coelho e Gustavo Oliveira. A retrospectiva foi gravada no dia 29 de dezembro, em pleno domingão!

Além disso, a Resetrospecita traz com bom humor e piadas sem graça os fatos que marcaram o NoReset e o internauta que acompanha todas as informações do mundo dos games e da tecnologia.

Mande um email para o noresetmail@gmail.com ou comente logo abaixo sobre o que você achou do primeiro e último podcast do ano que chega ao fim. Comente também sobre os assuntos que foram pauta da Retrospectiva do NoReset.

PARTE 1 (44 minutos)

PARTE 2 (52 minutos)

rodape_noresetnet2

Sim City para iPhone

noreset_plantaoscreenshot_208621_thumb300Cido CoelhoA Electronic Arts vai produzir uma versão do Sim City para o celular da Apple. De acordo com o site Computer  and Video Game o jogo vai aproveitar todas as funcionalidades da tela sensível para facilitar a administração e a construção da cidade.

A EA garante que Sim City é um dos maiores jogos portátis já lançados – mantendo a fidelidade do título original.
O jogo foi criado em 1989 pelo Will Wright. É o mesmo criador do game darwiniano Spore.

Sim City para iPhone vai oferecer oito ferramentas de planejamento, loteamento, construção e administração.
Além disso, como nas outras versões, o jogo para o celular-console terá cidades prontas para você “pegar a bucha”; Para jogar o dono do celular tem que ter baixado a atualização 2.2 do iPhone.

A Apple Store está vendendo, lá fora, por US$ 9,99.

rodape_noresetnet2

O amém é digital!

noreset_technewsiphone_catolico
Cido CoelhoUm padre da Igreja Católica, Paolo Padrini, criou um software para o iPhone, que já está disponível para a loja virtual da Apple, o iTunes.
Esse software – iBreviary – traz orações diárias e como seguir ao pé da letra a sua rotina religiosa. Assim você não esquece de fazer as suas orações e não vai para o  inferno por não fazer a oração.

O Vaticano adorou a novidade hi-tech. Quem disse que o contato com céu não pode ser tecnológico?

rodape_noresetnet2