• _

O NoReset resetou para melhor!

Agora estamos no

www.noreset.net e no

www.noreset.com.br

Assine o nosso novo RSS:

http://feeds.feedburner.com/noreset/rss

 

novonoreset

Anúncios

Sai lista de classificados da BRGames 2009

noreset_plantaobrgameslogo
cidocoelho_profileLembra-se do BRGames? Aquele programa do governo federal que quer estimular a indústria brasileira de games?

Pois é,  foi divulgado a lista de classificados que receberão o incentivo do governo, entenda como grana, para desenvolver um jogo para o mercado. Dos 20 projetos pré-classificados, 6 de empresas e 14 de pessoas físicas, sobraram dez. Por isso, veja a lista abaixo:

brgames1brgames2

“O programa BRGames tem como objetivos gerais o fomento ao desenvolvimento da indústria de jogos eletrônicos no Brasil, o fomento à participação da indústria brasileira de jogos eletrônicos no exterior e o estimulo à criação de ambientes de mercado para o jogo eletrônico brasileiro no país”, diz o site do programa.

O BRGames um programa da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura, Secretaria de Políticas Culturais do Ministério da Cultura e Sociedade Brasileira para Promoção da Exportação de Software – SOFTEX, que tem o apoio institucional do Festival Internacional de Linguagem Eletrônica – FILE e da Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Eletrônicos – Abragames.

Graças a Zeus! Jogos de PS3 com prensagem nacional já estão a venda!

noreset_gamenewsleonardolopes_profileParece até milagre de algum santo padroeiro dos gamers-pobres-oprimidos, mas realmente ao que tudo indica os jogos para PlayStation 3 produzidos na nossa querida Zona Franca de Manaus já estão chegando às bancas.

A princípio o produto é praticamente o mesmo das versões gringas (nada de tradução de manuais, muito menos tradução de conteudo ingame, mas isso nenhuma produtora faz mesmo) com alguns pequenos detalhes como: Informações de produção na zona franca e classificação de acordo com o padrão brasileiro.

Até aqui não vemos nada de interessante na notícia, porém, a parte que mais importa para todos nós, consumidores (leia-se preço) teve uma evolução digna de aplausos à Sony. Os preços dos jogos estão se equiparando aos de Xbox360.

Detalhes da produção nacional

Detalhes da produção nacional

O que isso significa? Bem, que não vamos precisar pagar a bagatela de aproximadamente R$300,00 por jogos de PS3 em lojas “oficiais”. E sim, algo em torno de R$179,00 por jogos em lançamento.  E para ficar melhor ainda podemos encontrar jogos mais antigos por volta de R$100,00.

É claro que ainda não é preço de nossos sonhos. Mas se levarmos em conta o valor praticado nos States U$59,00 podemos ver que não é algo tão diferente da realidade mundial.

Se pararmos para pensar na base instalada da marca Playstation no Brasil, podemos imaginar que com um console nacional, por um preço acessível e jogos produzidos aqui nas “florestas do blanka” não fica difícil prever uma futura base poderosa do Grill mais caro já produzido pelo homem (calma sonystas, foi uma piadinha carinhosa).

Detalhes da classificação padrão brasil-sil-sil

Detalhes da classificação "padrão brasil-sil-sil"

ZeeboNet ganha Resident Evil 4 e Ridge Racer

noreset_gamenewsre4ridgeracercidocoelho_profileA rede do console brasileiro Zeebo, ZeeboNet, da Tectoy, ganha dois jogos de peso para o console – Resident Evil 4 e o primeiro Ridge Racer (que na época, foi lançado junto com o PSOne).

Para o gamer comprar e baixar estes jogos, ele terá que desembolsar 2490 Z-Credits (R$ 24,90) para o game Capcom e 1990 Z-Credits (R$ 19,90) para o clássico da Bandai Namco.

Overplay lança Avalon

noreset_gamenewsavalon1cidocoelho_profileA produtora de jogos paulista, a campinense Overplay, lançou o game Avalon, para PC. Este é o primeiro jogo de simulação em tempo real com a temática de um mundo místico de fadas. O jogo é publicado também pela Uclick.

Em Avalon, o gamer assume o papel de uma jovem fada rainha que recebeu uma missão especial: ir até o mundo místico de Avalon e achar os 4 elementos capazes de restaurar o poder mágico do mundo das fadas. Continue lendo

Extra! 70 pessoas são banidas da PSN

noreset_plantao
noreset_cachacisses
PSN
gustavooliveira_profileEssa notícia é tão fanfarrona, tão fanfarrona que nem eu consigo falar sobre ela direito.
Pra você ter uma idéia, o nosso amigo Rafael Arbulu avisou Cido Coelho sobre o caso a ser postado. Cido, por sua vez, me escalou para postar esse texto, tamanha a bizzarice que você lerá a seguir.

E tudo começa mais ou menos assim:

No fórum de games Outer Space, e em vários outros fóruns de games por aí, está rolando uma prática que se tornou muito comum: a compra de créditos para redes on line como Xbox live arcade e PSN de terceiros, que compram os créditos das redes com cartões de crédito internacionais. No fórum em questão, o usuário Dark Dante estava fazendo algo que provavelmente seria muito suspeito: Ele vendia US$50 de créditos da PSN por… R$50. Algo digno de um hobbin hood, que rouba dos ricos para dar aos pobres. É o tão sonhado socialismo videogamistico! 1 dólar por 1 real.

A atitude seria suspeita em outros lugares do mundo, mas não aqui no Brasil, já que nós, infelizmente, cultivamos a mania de querer levar uma “ligeira” vantagem em relação aos outros. Mas como isso seria possível? Se essa história realmente fosse verdade, o senhor Dark Dante de fato estaria no prejuízo, levando em consideração o custo de um dólar. Indagado por alguns usuários do fórum sobre a procedência dos créditos, eis a resposta do infeliz (o ministério do NoReset adverte – cachacisse forte, segure-se na cadeira! Ao persistirem os sintomas, um médico deverá ser consultado):

“Caro amigo. Não há nada de ilegal no processo. Esses créditos são me passados a PREÇO DE FÁBRICA por uma fonte confiável do E-bay“.

Com o seu perdão, leitor, eu vou me cagar de rir um pouquinho:

uaHuahuHAUahuHAUahuHAUahuHAUhauHAUHauh 

(pigarro)
Voltando ao assunto, qual seria o “preço de fábrica” de um crédito da PSN? Alguém sabe? 
A bizarra resposta do rapaz foi o suficiente para mais de 70 pessoas do fórum comprarem os créditos suspeitos. Alguns usuários, sequer quiseram saber de onde esses créditos vieram.

E lá estão os usuários felizes e contentes achando que estão “bem na fita” quando alguns usuários acabaram vendo a seguinte mensagem em suas TCs chiquérrimas de HD:

 

SNC00096

Sim. Mais de 70 usuários brasileiros da PSN foram banidos por usar créditos da rede adquiridos por cartões de créditos roubados ou clonados. Quando o cancelamento dos cartões foram feitos pelos reais donos, isso significa que os usuários que compraram esses créditos ficaram em débito com a própria Sony. Isso é Brasil-sil-sil!

Segundo informações que tenho, há uma maneira de ter a conta aberta novamente, desde que você ligue na própria Sony no telefone 00-21-1-650-655-5573 (não é brincadeira minha. Esse é o número real) e converse PESSOALMENTE com o pessoal da Sony, aí você explica que tentou ser mais mais esperto que o resto do pessoal, comprou créditos duvidosos, teve sua conta bloqueada e que você vai quitar a sua divida.

Informações com… com… a internet todinha!

Warner Bros vai distribuir jogos no Brasil

noreset_plantaowarner_destaque

leitor_noreset

Leonardo Lopes, de Brasília/DF

Na última quinta-feira (23), foi revelada a primeira leva de games que a Warner Bros trará ao Brasil.

Para os que não estavam por dentro da notícia, a Warner Bros Inc. anunciou no mês passado por meio de seu gerente de vendas para a América Latina, Cleyton Silva, que passrá a distribuir jogos para consoles, portáteis e PCs.

De acordo com o executivo, algumas produtoras famosas em terras tupiniquins, como a Codemasters e Interactive
Continue lendo