• _

Ilustradores mostram a sua devoção pela Chun-Li

Ilustradores mostram a sua devoção pela Chun-Li
Quero agradecer o leitor Anderson Camacho, que deu a dica de um grupo de ilustradores que são fanáticos pela Chun-Li.
No blog Abduzeedo encontrei várias imagens em que os fãs mostram a sua devoção pela lutadora chinesa de Street Fighter.
Por isso, veja agora as imagens muito bem desenhadas, ilustradas e em várias perspectivas da musa dos games e dos gamers.
noreset_carayChun_Li_SF_Card_by_Omar_Dogancidocoelho_profileQuero agradecer o leitor e amigo Anderson Camacho, que deu a dica de um blog onde um grupo de ilustradores mostram que são fanáticos pela Chun-Li.
No blog Abduzeedo encontrei várias imagens em que os fãs mostram a sua devoção pela lutadora chinesa de Street Fighter.
Chunli_fanart_by_greyhole
Por isso, veja agora as imagens muito bem desenhadas, ilustradas e em várias perspectivas da musa dos games e dos gamers.
Veja abaixo a galeria com mais imagens! Clique para ampliar!

Fãs da Apple provocam usuários de PC novamente

noreset_cachacissesthink_irony

cidocoelho_profileMais uma provocação de quem usa Apple  aos donos de PC. Ainda mais com PCs com processadores Intel.

Se isso fosse uma propaganda até que ficaria bacana!

Cultura otaku e jogos andam juntos

noreset_analise

wesleypiresOlá fanboys, gamers, otakus e whatever!

Antes de mais nada, o que é Otaku, caro Wesley?

Otaku é uma palavra japonesa, usada para designar os fâs de determinado assunto. Aqui no ocidente, o termo é usado para fâs de anime, mangá, tokusatsu e cultura japonesa em geral. Esta definição é da Wikipédia. Concordam ou não concordam?

concordo

E vocês já foram a algum evento de anime e mangá? Nesse tipo de evento, costuma ter exposição de mangás, anime, filmes, shows, venda de acessórios, jogos e roupas para cosplays. Também há a apresentação de cosplays, vocês se lembram não é?!

 

Melhor não lembrarmos disso
Melhor não lembrarmos disso

Mas a melhor parte: os jogos. Não importa quão pequeno seja o evento, sempre há um espaço para jogos. Afinal, todo otaku é gamer, e vice-versa. Os jogos que costumam rolar mais são jogos baseados em animes famosos, como Naruto, Bleach, e outros títulos, como Soul Calibur, Metal Gear Solid, e é claro, Guitar Hero.

live

Tendo em vista a fama desse jogo na comunidade otaku, os eventos que acontecem sempre rola algum concurso de Guitar Hero. No ultimo evento quer eu fui, a organização visou bastante o publico mais casual, e trouxe para o evento um Nintendo Wii. Nesse dia, tinha sido meu primeiro contato com o console e seu Wii Remote. Na ocasião, joguei dois jogos: Mario Kart e Super Smash Bros: Brawl. Pelo pouco que joguei, afirmo que para os jogadores hardcore não é uma boa, em virtude dos poucos títulos de franquias famosas, porem se você quer diversão com fator alto de replay, é uma boa, alem de ser uma ótima oportunidade de inserção aos que ainda não estão familiarizados com vídeo-game.

criancas-ps2

Mas para mim, o ponto alto destes eventos são os consoles antigos. Sempre me deparo com um Super Nintendo dando sopa, normalmente rodando jogos como Ultimate Mortal Kombat 3 ou Super Street Fighter II. Para ver que mesmo tantos jogos novos saindo do forno, os jogos old-school ainda prendem a nossa atenção.

 

Old-Scholl rulez!!!

Vale lembrar que com os portáteis ganhando notoriedade, já são normais os eventos desse tipo serem ponto de encontro para jogadores trazerem seus Nintendo DS ou PSP para jogarem em conjunto.

portateis

Agradecimentos especiais a minha amiga Andressa França, que me forneceu fotos de eventos para o artigo.

Dragon Ball Opening

noreset_musica

Junin, do Violão de 8 Bits

Junin, do Violão de 8 Bits

Saudações crianças do meu Brasil (e do mundo afora também)!
Dragon Ball deve ser uma das séries de maior sucesso em todo o mundo.
Além de ter aberto as portas da animação japonesa (pelo menos aqui no Brasil) tornou-se febre entre crianças, adolescentes (e até alguns adultos).

Além de tudo isso, ainda hoje é um dos maiores fenômenos de vendas de produtos relacionados à série, como jogos, card games, filmes e etc.
Quanto à isso, a série Dragon Ball possui alguns números impressionantes, e até bizarros. A série conta com :

508 episódios (contando : Dragon Ball, Dragon Ball Z e GT)
42 volumes de mangá (lembrando que um volume de mangá, no Japão, demora, mais ou menos, um mês para ser feito)
2 ovas
2 live actions
3 especiais de tv
17 filmes
6 card games
50 jogos

Aí você se pergunta: “Mas peraí, dois Live Actions?”
E eu digo, SIM! DOIS LIVE ACTIONS!
O primeiro deles foi produzido na China e lançado em 1989, e só pra constar, ele não é oficial!
É completamente bizarro, e se você quiser checar com seus próprios olhos pode acessar este super filme clicando aqui (lembrando que o filme está dividido em 9 partes, sendo esta a lista de reprodução completa).

Deixo aqui pra vocês uma versão da primeira abertura de Dragon Ball, de Hiroki Takahashi, tocada e incrivelmente arranjada por shinsaku6955, no youtube.

rodape_noresetnet3

Popeye tornou-se domínio público na Europa

noreset_anime

Na Europa o marinheiro pode ser usado numa boa, mas por aqui o bicho ainda pode pegar nos tribunais

Na Europa o marinheiro pode ser usado numa boa, mas por aqui o bicho ainda pode pegar nos tribunais

Cido CoelhoO comedor de espinafre mais famoso dos desenhos animados tornou-se desde o primeiro dia de 2009 domínio público na Europa.

Segundo o jornal britânico The London Times, os desenhos da saga de Popeye, Brutus, Olívia Palito e sua turma não pertencem mais ao seu criador, Elzie Segar, que morreu há 70 anos.

Desde sua criação, 1929, o marinheiro vegetariano já faturou cerca de R$ 5 bilhões em vendas anuais. Agora, na União Europeia, podem ser usados os desenhos do Popeye em camisas, brindes, camisas e muitos outros souvernis e bugigangas sem ter que pagar os direitos autorais.

Até agora isso é bom, porém, tem um problema. Nos Estados Unidos os direitos do desenho estão protegidos até o ano de 2024, já que nos States a lei protege os direitos do criador até 95 anos pós-morte.

O outro jornal britânico – The Times – publicou que o impasse de utilizar a imagem por europeus para outros países, sem interferir na proteção norte-americana será um problema.

Pois nos EUA os direitos são da King Features, do Grupo Hearst.  Por isso, vai ter início de um estudo de caso nos tribunais internacionais.

Veja abaixo o primeiro episódio do marinheiro vegan que foi publicado no You Tube:

rodape_noresetnet3

Resetrospectiva 2008 – A Retrospectiva do NoReset

retrospectivanoreset08
podcast_logoO ano termina, mas ainda você pode conferir o que aconteceu em 2008 com os editores do NoReset. Finalmente, o NoReset tem um podcast! O site estréia no último dia do ano o seu conteúdo no formato áudio, que pode ser baixado, para ouvir no seu MP3 ou computador,  no site http://noreset.podomatic.com ou então clique abaixo e ouça direto no player o resumo de 2008, nos comentários e apresentação de Cido Coelho e Gustavo Oliveira. A retrospectiva foi gravada no dia 29 de dezembro, em pleno domingão!

Além disso, a Resetrospecita traz com bom humor e piadas sem graça os fatos que marcaram o NoReset e o internauta que acompanha todas as informações do mundo dos games e da tecnologia.

Mande um email para o noresetmail@gmail.com ou comente logo abaixo sobre o que você achou do primeiro e último podcast do ano que chega ao fim. Comente também sobre os assuntos que foram pauta da Retrospectiva do NoReset.

PARTE 1 (44 minutos)

PARTE 2 (52 minutos)

rodape_noresetnet2

Você sabia? – Did you know?

noreset_channel

Estes são os números da tecnologia até este ano que acaba! O vídeo está em inglês e é muito bem feito,  mas dá para entender como a tecnologia evoluiu até os dias atuais. Você vai se espantar como que a tecnologia evolui e faz parte de nossas vidas.

Fica como o último video que o NoReset publica em 2008.

Divirta-se!