• _

Sem espaço para o retrô: PS3 definitivamente SEM retrocompatibilidade!

cabeça_colunistasrafaelarbulu_tarjaps3slimDurante a GamesCom 2009, a Sony tornou oficial que todo mundo já sabia: o PS3 Slim já está em pré-venda em grandes cadeias de e-commerce como Amazon, E-bay, K-Mart e Wal-Mart. Há quem lamente o fato de (partes) do hardware serem mais poderosas do que o modelo atual – vide o HD de 120GB e a possibilidade de uma versão do Slim com 250GB. Até aí, tudo bem: as diferenças de hardware raramente são fatores determinantes quando o assunto é videogame – ou o Wii não seria o maioral nas vendas. Mas uma coisa chamou toda a atenção para a Sony, de um jeito deveras negativo.

John Koller, da chefia de marketing da Sony Computer Entertainment (SCE), anunciou a descontinuidade da retrocompatibilidade – a capacidade do PS3 de reproduzir jogos de suas gerações anteriores – sem possibilidade de retorno. Não só para mim, mas para a quase totalidade da base de fãs do PlayStation, isso é um erro de tremendas proporções. O motivo para tal atitude seria, segundo John Koller, o fato “dos jogadores comprarem o PlayStation 3 para rodar jogos de PlayStation 3. Temos uma linha de frente consistente nesse aspecto”. Ele ainda foi categórico, dizendo que a retrocompatibilidade “não voltará”.

Você deve lembrar que, em 2006, os modelos PS3 vinham com parte do hardware do PS2 embutido, para rodar os jogos originais da geração passada. Posteriormente, o hardware foi abandonado, e a Sony passou a adotar a retrocompatibilidade por emulação de software, apenas para, nos modelos seguintes, tal recurso ser completamente descontinuado. Com o iminente anúncio do PS3 Slim e da inovadora firmware 3.00, especulações previam o retorno dessa capacidade, o que não ocorreu. Até o mais difícil – a queda de preço do aparelho – rolou, mas você não jogará seus clássicos do PS2 em um PS3.

Fato é que a Sony não considera necessária a adoção da retrocompatibilidade. E não estão errados: o PS3 não precisa disso. Mas a empresa liderada por Kaz Hirai está perdendo o foco, não sabendo diferenciar o supérfluo do trivial: o Xbox 360 não precisava dos avatares, mas enxergaram potencial, e hoje o console do Bill Gates tem conteúdo exclusivo integrado aos seus avatares – vide Guitar Hero 5. O mesmo vale para o Wii, com seus Miis, Virtual Console e WiiWare. Em suma, “desnecessário” não é o mesmo que “inútil”.

Tanta ênfase nesse assunto é para salientar que o mercado está seguindo por esse caminho. Eu, felizmente, não sofro desse problema, visto que o meu PlayStation 3 é justamente um dos modelos de lançamento: eu apenas insiro meu Final Fantasy X no drive, e o console faz o resto. Mas e você, seu colega de sala e a moça que trabalha no seu departamento? Todos são clientes em potencial que podem já ter um PS2, mas evitariam comprar o PS3 justamente por esse recurso ausente.

A Sony aposta em seu front de combate com títulos restritos à geração atual. É bom ver a confiança que eles têm no próprio taco. Mas é inegável o fato de que eles estão patinando em gelo fino: cedo ou tarde, o chão vai acabar cedendo.

Rafael Arbulu é editor-chefe do MSN Jogos, e desce o braço em Deus e o mundo às terças feiras, aqui no NoReset.

4 Respostas

  1. “PS3 vinham com parte do hardware do PS2 embutido, para rodar os jogos originais da geração passada”

    Vinha com praticamente todo o hardware: CPU, GPU e Memória.

    “Posteriormente, o hardware foi abandonado, e a Sony passou a adotar a retrocompatibilidade por emulação”

    Não é assim. A GPU ainda estava lá: Graphics Sintetizer (ou GS)
    Nunca houve suporte puramente emulado.

    No caso do X1 e do X360, a arquitetura é bem similar.
    O X1 é um PC e o 360 é um derivado do PC com o “coração transplantado”.

  2. Então vou ter que ir de lapede XXL mesmo

  3. Ahhh então é por isso que meu PS3 não roda meus games do PS2??? Poxa, quando eu comprei (em 2008) e tentei jogar Silent Hill 4 pelo PS3 e ele não funfou, fiquei super intrigada pensando “ué, mas o PS3 não era retrocompatível?“. xD

    Só que eu acabei deixando pra lá e nunca fui atrás de saber pq meu PS3 não rodava os games de PS2… hehehe

  4. Também acho que quem compra um PS3 é pra rodar jogos de PS3, mas não dá pra desprezar um Shadow of the Colossus ou mesmo um God Hand, e mesmo que esses jogos apareçam na PSN no futuro, pra que pagar de novo por um jogo que você já tem?

    Eu ainda quero jogar Odin Sphere, mas sorte que ainda tenho meu PS2 velho de guerra… =)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: