• _

Sacrilégio! Joguei Sonic and the Black Knight e… gostei!

noreset_analisesatbk0fernandiouehara_profileNota: 8

Posso não estar inovando aqui, mas esse é um review diferente por dois motivos. O primeiro é que coloquei a nota no início do texto. O segundo é que esse é um review sob o ponto de vista de alguém doido que jogou o mais novo jogo do mascote da Sega, Sonic and the Black Knight, pro Nintendo Wii, e gostou do jogo. Antes de tudo, a polêmica espada. Esse NÃO É, eu repito, NÃO É um beat ‘em up. Ainda é um jogo do Sonic. Se você enxergar só a espada e querer matar tudo que vier pela frente, o jogo é um lixo. Agora, se você conseguir enxergar QUEM é o protagonista, vai se divertir muito mais.

Quando estreou no Mega Drive, Sonic bateu de frente com Mario através de jogaços que mostravam todo o potencial da recém-chegada era dos 16-bits, com sua velocidade absurda e gráficos muito acima de tudo que já tinha sido visto. Aí, chegou a era dos jogos 3D, e o ouriço azul nunca mais foi o mesmo. Jogos medíocres conquistaram uma má fama diante do público, e a cada jogo novo anunciado, jogadores já olham desconfiados. Os menos esperançosos sequer dão chance, já torcendo o nariz e falando mal do jogo antes mesmo de ele ser lançado.

Sonic and the Black Knight tinha tudo para ser mais uma pá de terra na cova do mascote da Sega. Com seu apelo casual e suas incessantes coletâneas de minigames, o Wii provavelmente é o console mais odiado pelos jogadores “hadcore”. A mais nova empreitada de Sonic não só é exclusiva do console da Nintendo, como também traz uma adição que logo foi rejeitada e ridicularizada pela maior parte dos jogadores, a famigerada espada.

Enfim, a nota já está lá em cima. Agora, você sabe que eu gostei do jogo. Se você é do tipo que não quer saber, e SABE que não tem como um jogo novo do Sonic ser bom, mesmo sem ter jogado, ignore, pule pro próximo post, vá ler um gibi. Agora, se você está curioso, continue lendo esse review, meu primeiro review no NoReset, onde uso um recurso pouco visto nessa página: o salto interdimensional. Aviso de post longo!

Sonic and the Black Knight é, por mais que muita gente discorde, um bom jogo. É uma bela tentativa do Sonic Team de retomar a diversão pura e simples dos tempos de Mega Drive. E eles chegaram bem perto. O jogo é uma continuação de Sonic and the Secret Rings em todos os aspectos, desde a jogabilidade até a temática, mas é também um grande salto na direção certa.

Dessa vez, o inimigo é o Rei Arthur, que foi possuído por um poder maligno e se tornou o cavaleiro negro do título, espalhando o caos pelo reino. Merlina, filha do mago Merlin, se vê cercada e invoca um herói de terras distantes para salvar o dia. Assim, Sonic literalmente cai do céu para se tornar um cavaleiro e, com o auxílio da espada sagrada Caliburn, derrotar o cavaleiro negro e fazer a paz voltar ao reino. A história é boba, mas em momento algum o jogo se leva a sério. E é assim que a “história” dos jogos do Sonic devem ser, simples e divertidas, sem compromisso algum, sem querer ser um épico estilo Final Fantasy.

satbk2Daqui, vamos pular para a polêmica: a espada. Como eu disse no início do post, este jogo não é um beat’em up. O controle da espada é horrível, a cada golpe você precisa chacoalhar o controle desesperadamente, tornando impraticável querer fazer de Sonic um Kratos ou Dante. A solução é agir como o Sonic agiria! Ou seja, acabar com os inimigos sem parar de correr.

A saída é adotar o método tradicional de acabar com os inimigos pulando sobre eles, assim como Mario e o próprio Sonic fazem em seus melhores jogos. A diferença aqui é que você desfere o golpe da espada no ar. Com um pulo sobre os inimigos e uma leve sacudida no controle, Sonic gira e pode acabar com até três inimigos de uma vez, se estiverem próximos. O homing attack, tradicional nos jogos 3D do ouriço, também está presente e, combinado com o movimento da espada, é capaz de derrotar mais de 20 inimigos enfileirados. Sim, mais de vinte inimigos liquidados com um único sacudir de Wiimote. O que significa que, ao contrário do que se pensa, você não passará o tempo todo sacudindo o controle que nem um desesperado. Existem formas mais eficientes e menos idiotas de se jogar.

satbk1Assim, fica claro que o foco do jogo não é combate. E, nesse ponto, os controles estão muito bons. Secret Rings tinha controles horríveis, onde o jogador movia Sonic através do sensor de movimentos do Wiimonte, controlando o ouriço como se fosse um carro, sendo que ele automaticamente corria pra frente. A história aqui é outra. Em Black Knight, Sonic se move se você quiser, e você o controla através do analógico do Nunchuck, com o pulo no botão A.

A movimentação ainda é restrita, sendo que você só corre para frente. Não existe exploração, tudo que você precisa é desviar dos obstáculos e chegar inteiro no fim da fase. Pode parecer que não, mas dessa forma, a jogabilidade ganha características 2D, onde você vai sempre em uma direção e o foco na velocidade é muito maior.

Sonic também está muito mais ágil. Desviar dos inúmeros obstáculos só depende da sua velocidade no controle do analógico, e se você passou por algum item ou caminho, Sonic pode agora saltar para trás. Com isso, a maior parte do jogo Sonic estará correndo, mas ainda existe espaço para as bem-vindas partes de plataforma, em que o que você precisa fazer é esperar e pegar o tempo dos pulos.

satbk3Graficamente, é um dos melhores jogos do Wii, rivalizando com jogos first party como Mario Galaxy e Metroid Prime. Os efeitos de luz e as texturas dão um aspecto que vão além da maioria dos jogos de Wii, que costumam parecer jogos da geração passada, para encher os olhos dos jogadores com suas paisagens cheias de vida e cores fortes.

A trilha sonora foi assinada por Jun Senoue, ou seja, é ótima. Mescla o clima de Idade Média, com alguns tons mais pesados do rock característico do compositor, para formar toda uma atmosfera de heroísmo, ainda sem a pretensão de se tornar um épico orquestrado. Se você não gostar do som, pelo menos não vai irritar seus ouvidos.

Como nem tudo é perfeito, existem alguns fatores que impediram Sonic and the Black Knight de ser tudo aquilo que poderia ser. O Sonic Team poderia explorar melhor os cenários e o aspecto plataforma do jogo, criando mais áreas que fizessem uso de saltos bem calculados. A movimentação também restringe bastante da liberdade do jogador, fazendo com que as fases sejam lineares demais. Algumas fases, como a da imagem aí em cima, onde Sonic corre pelos campos para libertar os aldeões de suas celas, são um ótimo exemplo de como o jogo poderia adotar a exploração sem deixar a velocidade de lado. Infelizmente, fases como essa são raridade, sendo que as outras fases se resumem a desviar de obstáculos em alta velocidade.

Embora o combate não seja o foco, se o controle da espada não fosse horrível, o combate poderia se tornar agradável. E, por fim, os chefes são pouco inspirados. Nesse ponto, Secret Rings apresentava chefes mais inspirados. Tanto as lutas contra os Cavaleiros da Távola Redonda, quando contra o Rei Arthur e a batalha final são simples demais.

satbk4O jogo apresenta falhas, mas tem méritos também. É divertido, e definitivamente é um passo na direção certa em relação aos jogos do Sonic. É possível jogar em algumas missões como Shadow, Knuckles ou Blaze, e embora a jogabilidade não mude drasticamente, cada um apresenta características únicas. Para os completistas, ainda existem muitos destraváveis, como músicas, medalhas e você pode até mesmo forjar novas armas para os cavaleiros.

Pra fechar, dê uma chance ao ouriço. Se continuar nesse caminho, ele ainda tem salvação.

Apresentação: 9. Um dos melhores gráficos no Wii, bela trilha sonora. O sistema de missões te joga direto na ação, sem enrolações.

História: 7. Leve, sem inventar demais, assim como um jogo do Sonic deve ser.

Jogabilidade: 8. Combater no chão é um martírio, mas existem formas melhores de derrotar os inimigos. Já Sonic se movimenta com velocidade e precisão.

NOTA FINAL: 8

A adição da espada não foi uma das ideias mais inspiradas, mas não chega a arruinar a experiência se você lembrar que não está controlando Kratos, e sim Sonic.

Anúncios

7 Respostas

  1. Hahuhuahahha não se culpe , Uehara, Sonic está sendo tão massacrado ultimamente que a gente até acha esse jogo bom mesmo, visto que, das bombas que saíram, ele é o melhorzinho.

  2. Sem duvida um dos jogos de Wii a serem jogados por mim. E realmente o Sonic anda tão alvejado pelos puristas que alguns poucos pontos positivos dos novos jogos dele estão sendo deixados de lado, isso é uma pena.

  3. Gostei do seu review, Uê! Deu vontade de jogar esse game! =D

    Os gráficos estão lindões, hein? Babei nas imagens. *__*

  4. Eu ia colocar isso no review, mas acabei esquecendo. De qualquer forma, acho que se esse jogo tivesse saído pro 360 ou pro PS3, ou seja, se não tivesse nenhum tipo de chacoalhada no controle, poderia finalmente ser O Jogo do Sonic. Se o combate fosse por meio de botões e os inimigos fossem um pouco mais elaborados, seria um baita jogaço.

  5. Esse jogo realmente me surpreendeu, foi emocionante ver de nvo um jogo do sonic com musicas cantadas durante as batalhas contra chefes…parece que eu estava jogando os sonic’s do dreamcast novamente. E mais pro fim do jogo existe muita criatividade! Navegar por rios de lava, correr sobre dragões elétricos, armadura dourada… Jogo curto? Talvez, mas os do mega drive eram bem mais curtos e são supremos. E não tive problemas com a espada: pula e ataca – fica igual no mega drive quando você pulava e dava um segundo pulo pra ouriçar os espinhos… É um jogo muito bom, mas injustiçado pelas críticas.

  6. Li tudo.
    O texto tá lindo!!!!!

    Passe em minha sala pra receber a promoção e um carro de presente.
    As fãs do Uehara vão dobrar com o carango que vou lhe dar.

  7. Seu mal!! Nem para esperar para eu ver junto ^^
    Mas tudo bem!! o jogo é realmente legal!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: