• _

Resident Evil 5

noreset_analisejulyanarosa_profileOlá amigos do NoReset! Pensando em modernizar um pouco a coisa, vou falar sobre as melhores fases do recente Residente Evil 5.

Podem dar tchau para os jogos old-school que a pancadaria e tiroteio em terceira pessoa vai começar.

Um pouco diferente dos outros games da série, Resident Evil 5 não decepciona mesmo tendo como cenário a África ao invés de Raccoon City, a cidade fictícia onde aconteceram boa parte dos eventos de jogos anteriores.

Para os fãs, à primeira vista pode ser um pouco decepcionante não ter aquele cenário caótico com zumbis urbanos em marcha lenta, mas ao longo do jogo, essa sensação passa, pois os gráficos melhoraram muito e a jogabilidade também.

Claro que a Capcom, nada boba e seguindo a tendência de alguns jogos para xbox 360, copiou alguns movimentos do Gears of War, como se esconder nas paredes para atirar, se cobrindo do fogo inimigo,  praticamente com a mesma sequência de botões.

Em 6 longos capítulos, o jogador passa por cenários extremamente diferentes que vão da cidade destruída pelas milícias locais, agora zumbis, até aldeias antigas habitadas por índios canibais zumbis, as quais se têm acesso por barcos, aquelas embarcações que possuem uma grande hélice atrás que mais parece um ventilador.

Entre as minhas fases favoritas, porque convenhamos, podem não ser a de vocês, cito exatamente as que demandam uma certa habilidade na direção. Dirigir as pequenas embarcações, hovercrafts segundo dica da colega Rebeca,  e dentro delas sair atirando para tudo quanto é lado está entre as minhas grandes diversões do jogo. Vejam os vídeos abaixo para ter uma ideia.

Este primeiro mostra um pouco do barco com a hélice, mas também ensina um “cheat” uma dica para conseguir mais dinheiro no jogo. No capítulo 3-1 você encontrará um barco.

Neste outro, capítulo 3-3 Sheva e Chris estão em uma embarcação um pouco maior equipada com uma arma com munição infinita, mas daquelas que esquentam e precisam de uma pausa para atirar, caso contrário, sobrecarrega-se e não atira nada.

Além do barco, chamou-me a atenção nesta edição a inteligência dos zumbis, eles estão mais espertos e mais fortes. Mesmo jogando no nível fácil é difícil matar alguns, como o zumbi da serra elétrica com o saco na cabeça e o gordão açougueiro  do machado, que voltaram para assombrar o novo cenário.

Vejam-nos abaixo:

Capítulo 2-1, zumbi da serra

Capítulo 1-1, zumbi do machado

Para quem está começando o jogo essas fases são bem interessantes, pois ainda familiarizam o jogador com o novo ambiente, mas muitos outros cenários ainda estão por vir.

Entre os mais legais, sem citar onde se encontram cada um deles, pois isso pode fazer muita gente que ainda não jogou ou esteja jogando e não chegou em tais partes se revolte, também estão cenários de antigas fábricas, minas, portos, canyons, aldeias e ruínas que lembram um pouco Machu Pichu e os cenários dos filmes de Indiana Jones.

Dê uma olhadinha nos locais nesta análise do site ign.com:

Os vídeos mostram um pouco do game, mas para sentir mesmo como é estar na pele de Chris Redfield e sua nova parceira africana, Sheva, é preciso jogar. A câmera de visão 360 graus do Xbox 360, por exemplo, realmente faz a diferença e amplia as opções do jogador. Com o campo de visão maior dá para ver melhor as diferentes estratégias de ataque dos zumbis e  o ambiente de cada capítulo. Outra coisa interessante desta versão é que Jill Valentine, que aparece no primeiro e terceiro jogos como protagonista, está de volta, não morreu. Ficou curioso?

Se você possui um xbox 360 e conexão de banda larga, pode baixar a versão demo do jogo na Live para um teste. Para os usuários do outro console, testar mesmo só com o game completo. O jogo está disponível para PS3 e Xbox 360.

Aqueles que tiverem interesse no detonado do game em português, deixem seus comentários. Existe a possibilidade da postagem aqui com os vídeos.

Até a próxima!

Anúncios

12 Respostas

  1. Olha que bacana, a Ju voltou e em grande estilo! =D
    Boa análise do RE5, hein?!

    por barcos, aquelas embarcações que possuem uma grande hélice atrás que mais parece um ventilador

    Eu adoroooo esses barquinhos, Ju! Eles se chamam “hovercraft”. Em português acho que é “aerodeslizador” mesmo.

  2. RE5 não está disponível para o Wii .-.’

  3. Uia… Gostei… Acho que eu não tinha lido nada da Julyana por aqui… Mas já chegou em grande estilo! Gostei bastante!

  4. Eu joguei no modo co-op o RE5, e adorei. É muito bom jogar ele em um telão, ou datashow.

  5. @Wesley
    Fanboy é fanboy! Mas é divertido mesmo ver td mundo jogando!!!

  6. Uia! Não tava esperando uma resenha de RE5 da Julyana! Belo texto!

    Eu sou da porção da população gamer que prefere o foco na ação do 4 do que o suspense e a jogabilidade quebrada dos anteriores, então pra mim, parece ser um jogão.

  7. @Deda
    ealmente amor, sou fanboy mesmo. Mas eu ainda quero o jogo para jogar lá em casa.

  8. Gostei muito do texto, é uma maneira bem diferente de analisar um jogo! eheh

    Ganharam mais um leitor! 🙂

  9. olha o jogo ja tem pra PC em com tradução 1.0 da game vicio, e o jogo e muito bom mesmo, grafico surpreendente

  10. como faco para dirigir esses barcos?

  11. Eu tenho o resdent evil 5 e ele e muito enteresante e hard

  12. Eu tenho o resident evil 5 e ele e muito enteresante e dificil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: